Bruno Carvalho nasceu para presidente

Logo à nascença, o obstetra vaticinou que o atual líder do Sporting iria ser alguém importante.

O grandioso destino de Bruno Carvalho, atual presidente do Sporting Clube de Portugal, estava traçado à nascença, de acordo com o vaticínio do obstetra que assistiu ao parto.

O líder leonino, entrevistado hoje por Cristina Ferreira no “Você na TV!”, da TVI, revelou que o médico de Lourenço Marques (hoje Maputo) que acompanhou o parto, há 42 anos, alertou logo os seus familiares: “Ele vem com o véu intacto e isso significa que vai ser importante, presidente de alguma coisa”, declarou o clínico, referindo-se ao saco que contém o líquido amniótico.

Noutra passagem, Bruno Carvalho explicou o seu gosto pela oratória: “Comecei a fazer discursos para aí com uns seis anos. A minha mãe trabalhava na Assembleia da República e, quando eu ia para lá com ela, entretinha-me a discursar sozinho nas galerias vazias. O pior é quando ouvia alguém a bater palmas, no final do discurso. Era sinal que tinha sido descoberto e que ia ter sarilhos com a minha mãe…”

Todo poderoso no Sporting, Bruno Carvalho admitiu que as coisas fiam mais fino no seu lar: “Em minha casa manda a minha mulher (Cláudia) e, depois dela, a minha filha, Ana Catarina. Eu não conto para nada lá em casa, elas é que decidem tudo…” 

O presidente leonino terminou a entrevista com um gesto que deixou Cristina Ferreira bastante atrapalhada: ofereceu-lhe um cachecol cor-de-rosa do Sporting e desafiou-a a assinar uma proposta para se tornar sócia do clube de Alvalade.

“Eu sou e fui do Benfica toda a vida. Não posso agora tornar-me sócia do Sporting. Temos que falar isso melhor!”, afirmou Cristina, que terminou o programa a almoçar no estúdio com Bruno Carvalho uma das comidas preferidas do presidente do Sporting - sushi.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários