Bebé real influencia milhares de papás

George, nome do filho de Kate e William, vai ser um dos mais populares no Reino Unido.

Milhares de futuros papás ingleses vão chamar George aos seus meninos nos próximos anos, influenciados pelo nome dado por Kate e William ao bebé real – anuncia o site especializado  Ancestry.com. 

 

Em média, o nascimento de um bebé real aumenta a popularidade do seu nome em quase um terço – cerca de 32 por cento – só no ano seguinte.

Significa isso que o Reino Unido pode esperar a chegada de 1.400 novos George nos próximos doze meses.

Se assim for, o nome George, neste momento o 14º mais popular entre os britânicos, saltará para a quarta posição.

Idêntico “boom” verificou-se aquando do nascimento dos príncipes William e Harry nos anos 80. O nome William tornou-se 23 por cento mais popular, enquanto Harry aumentou 55 por cento.

Em números absolutos, o nascimento do príncipe Andrew teve o maior impacto entre os novos papás, com mais 5.500 Andrews nascidos em 1961 do que em 1960.

Em termos percentuais, o record pertence a Zara Philips, prima de William e Harry, que fez disparar o nome de Zara em cerca de 92 por cento no ano seguinte ao do seu nascimento em 1981.

Derivado do Grego Georgious, que significa agricultor, George foi o terceiro nome mais usado pelos monarcas ingleses (seis casos) desde 1066, depois de Henry e Edward (ambos com 8 situações).

Comentários