Barriga de Kim Kardashian gera polémica

A socialite está a ser acusada de forjar a gravidez e de ter recorrido a uma barriga de aluguer.

Kardashian na foto da polémica

Acedendo aos pedidos de milhões de seguidores nas redes sociais, Kim Kardashian decidiu partilhar no Instagram, na passada segunda-feira, uma foto da sua barriguinha de cinco meses de gravidez.

Mas, como Kim rapidamente descobriu, é impossível agradar “a gregos e a troianos” e a imagem gerou imensa polémica, com muitos comentadores a sugerirem que estamos perante uma falsa gravidez e que o anunciado segundo filho da socialite e do rapper Kanye West estaria a ser gerado numa barriga de aluguer.

Tudo isto porque algumas fotos de Kim, captadas no mesmo dia e com a mesma roupa, um vestido branco justíssimo, revelam uma barriga que parece bem menor do que a partilhada por Kardashian nas redes sociais.

Um facto que poderá ser explicado pelo uso, quase certo, de uma cinta de pré-mamã, que ajuda a suportar o peso da barriga e a prevenir futuras imperfeições na pele.

Para já, Kim, que muito aprecia este tipo de “sururus”, afirmou em jeito de resposta: “Adoro os rumores de que estou a forjar a minha gravidez porque eu estava tão magra antes! Bom, não consigo esconder agora 5 meses (20 semanas) e 9kg a mais. Se eu tivesse recorrido a uma barriga de aluguer não tinha porque o esconder, mas felizmente não precisei”.

Comentários