“Amo-te, Eduardo Beauté!”

A filha mais velha de Carlos Cruz presta sentida homenagem ao famoso cabeleireiro.

Marta Cruz, que tem vivido um duríssimo e longo drama desde que o seu pai, Carlos Cruz, foi preso pelos investigadores do processo Casa Pia, veio agora a público agradecer o apoio que sempre teve da parte de um grande amigo – o conhecido cabeleireiro Eduardo Beauté.

Num depoimento publicado no Facebook, Marta afirma que, se ainda está “de pé”, passados tantos anos de “palmadinhas nas costas” e alguns “murros no estômago”, bem pode agradecê-lo a familiares e amigos, com Beauté à cabeça da lista.

“Beauté deu-me vida quando mais precisei... Sim, deu-me literalmente vida, quando os meus olhos não mais queriam abrir e as forças me faltavam para continuar a encarar a própria vida. Sou-te eternamente grata, meu amigo, meu irmão mais velho, meu apoio. És um ser humano incrível, cheio de amor e talento, de humildade e fé. És um orgulho para mim, tu e a tua família... Sê feliz, sempre e sempre com muita paciência para me poderes aturar até sermos muitooooo velhinhos... Amo-te!”, escreveu Marta Cruz, partilhando uma foto sua com o cabeleireiro.

O mundo de Marta Cruz quase desabou quando o seu pai, Carlos Cruz, foi acusado de pedofilia e condenado a pesada pena de prisão.

Sentimentalmente, as coisas também não têm sido fáceis para a jovem, que ainda há pouco terminou uma relação de quase três anos, bastante conturbada, com Madjer Saraiva, pai da sua filha Kyara, de dois anos.

Antes, Marta Cruz, viveu com um bailarino brasileiro, Alexandre Gondim, com quem teve uma outra menina, Yasmin, hoje com dez anos.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários