Adelaide Ferreira fala da filha

Cantora garante que desconhecia a gravidez de Luana.

Adelaide Ferreira quebrou, finalmente, o silêncio sobre o aborto ilegal feito por sua filha Luana, de 15 anos, no Brasil.

Duas semanas depois de ter resgatado a menor, que esteve à guarda das autoridades do estado do Mato Grosso, a cantora recorreu ao Facebook para reafirmar que desconhecia a gravidez da jovem adolescente e que, por consequência, nada teve a ver com o aborto.

Eis a mensagem de Adelaide Ferreira:

“Queridos amigos, estamos a recuperar do tempo difícil que vivemos.
A minha filha Luana após completar o nono ano foi de férias ao Brasil. Como planeado, está matriculada num curso profissional, alternativa providenciada pelo Estado aos jovens que pretendem seguir esta via de ensino.

“A Luana está também a seguir o curso de DJ profissional, que tanto deseja, bem como outras actividades complementares. A Luana completou o nono ano com quinze anos e isso constitui mais do que prova da sua competência enquanto estudante.

“Como devem calcular, jamais deixaria a minha filha ir para o Brasil se estivesse grávida e a opção fosse o aborto, uma vez que, no Brasil, o aborto é ilegal. Seria um absurdo, como o é pensar sequer nessa hipótese. Jamais deixaria a minha filha fazer o que fez se tivesse tido conhecimento de que estava grávida.

“A Luana regressou comigo a Portugal e isso é mais do que prova de que o tribunal no Brasil confiou em mim para continuar a cuidar dela.
Obrigada a todos os que me enviaram mensagens de apoio e de solidariedade num momento tão difícil. Adelaide”.

Comentários