"A raça humana é mais do que isto"

Rita Andrade falou da emboscada dos refugiados as redes sociais.

Cândida Pinto divulgou a experiencia que teve no resgate dos refugiados.

"Horgos, fronteira Sérvia-Hungria.Nunca tinha assistido à montagem de uma emboscada a céu aberto, à luz do dia, a pessoas desesperadas.Depois de um período de confrontos com pedras atiradas pelos refugiados à polícia húngara que respondia com canhões de água e gás lacrimogêneo, o inacreditável aconteceu.Uma multidão de refugiados começa a avançar pela fronteira húngara após o portão do famoso muro , ter cedido. Vão alegres com palmas e cantos. À sua frente, à distância,há um forte aparato de polícia de choque e militares húngaros. Quietos.Os refugiados avançam por esse largo corredor de entrada na fronteira.Quando a multidão já está bem densa e compacta, com milhares de pessoas, crianças , bebés, em passo curto mas confiante, chego a pensar que afinal há uma brecha de humanidade no governo de Budapeste e que certamente tem autocarros onde irá colocar toda está gente.Erro.De um momento para o outro a polícia de choque avança em U e carrega bastões e gás lacrimogêneo com uma violência desenfreada sobre uma multidão em atropelo,gente indefesa, emboscada. Vi a meu lado uma mulher e uma criança serem fortemente agredidas. Tal como muitas outras.Vi uma emboscada montada por polícia fortemente armada a gente que foge de conflitos. Foi na entrada da União Europeia , a 16 set 2015", escreveu a jornalista.

A apresentadora de televisão Rita Andrade comoveu-se com o texto e partilhou-o com os seus seguidores.

"A jornalista Cândida Pinto esteve na fronteira Sérvia-Hungria e viu uma emboscada que me parte o coração. A raça humana é mais do que isto, tem de ser, deve ser", escreveu Rita na legenda da imagem da descrição da emboscada aos refugiados, publicada nas redes sociais.

artigo do parceiro: NM

Comentários