A herança de Alexander McQueen

Estilista não se esqueceu dos cães no seu testamento.

Na hora da morte, Alexander McQueen não se esqueceu dos seus cães. O estilista britânico, que se suicidou no ano passado, deixou 82 mil dólares num fundo para os seus cachorros da raça ‘bull terrier’ para garantir que Minter, Juice e Callum sejam bem cuidados até ao fim das suas vidas.

Segundo o jornal britânico "The Guardian", a maior parte da fortuna de 26 milhões de dólares do estilista vai para instituições de caridade, incluindo duas instituições de protecção dos animais.

McQueen também deixou dinheiro a vários familiares, além 82 mil dólares a cada uma de suas empregadas.

Numa entrevista em 2009, o estilista mostrou toda a paixão que tinha pelos seus amigos de quatro patas: "Os meus cães são as únicas coisas no mundo em que eu realmente confio”, disse ele.

Segundo o jornal "The Telegraph", depois da morte de McQueen, a polícia encontrou um livro em que ele voltava a insistir: “Por favor, tratem dos meus cachorros!”

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários