60 Famosos querem salvar o mundo

Comandadas pela designer Vivienne Westwood (na foto), celebridades como George Clooney, Hugh Grant, Kate Moss e Naomi Campbell lançam campanha contra as petrolíferas que ameaçam destruir o Ártico.

Vivienne Westwood, ontem, no Metro de Londres (Foto: EPA/Lusa)

A estilista Vivienne Westwood inaugurou ontem na estação de Waterloo do Metro de Londres uma exposição fotográfica integrada numa campanha global da Greenpeace contra as petrolíferas, em particular a Shell, que ameaçam destruir o Ártico com as suas perfurações.

Seis dezenas de celebridades, incluindo pesos-pesados como George Clooney, Hugh Grant, Kate Moss e Naomi Campbell, aceitaram posar com “t-shirts” desenhadas por Westwood e são essas imagens, dominadas pelo slogan “Save the Arctic”, que vão ser mostradas em vários locais estratégicos da capital inglesa.

Um desses locais será a praça frente ao edifício-sede da Shell, companhia que pretende iniciar perfurações no Alasca já nas próximas semanas, aproveitando a chegada do verão e o retrocesso dos gelos.

A organização Greenpeace, que lidera uma acesa luta contra tais planos, sustenta que a abertura de novos poços de petróleo na região poderá causar uma catástrofe irreparável.

“As mudanças climáticas estão a fazer com que o gelo do Ártico se derreta a grande velocidade, o que numerosos países e empresas estão a ver como uma boa oportunidade para aceder à zona e arrasar os recursos naturais” – disse um porta-voz do grupo ecologista.

Vivienne Westwood afina pelo mesmo diapasão e vai mesmo mais longe: “ O ‘status quo’ vai matar-nos. As pessoas não se apercebem quão depressa estamos a caminhar para uma extinção em massa”, disse a designer.

Veja as fotos de celebridades que participam na campanha.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários