Os segredos fitness de uma super modelo

Tem um estilo inconfundível e as pernas mais longas e mais bem pagas do mundo. Saiba o que Karlie Kloss faz para exibir uma silhueta à prova de críticas

Karlie Kloss tem as pernas mais longas e mais bem pagas do mundo. Também dedica muito tempo e energia a ficar em forma e estar saudável, mas, tal como nós, nem sempre lhe apetece treinar. Comletou a meia maratona de Paris no dia 6 de março de 2015, algo que nunca pensou que iria conseguir. «Detestava correr. Antes de começar a treinar para a meia maratona de Paris, não corria mais do que seis quilómetros de uma só vez», refere a modelo, atualmente uma das manequins mais bem sucedidas do mundo.

«Mas sempre fui uma pessoa muito ativa e comecei a treinar desde muito nova para ser bailarina», confessa. «Nos meus tempos de dança e, agora, nos treinos diários, sempre me desafiei a mim mesma. Correr era um medo que queria ultrapassar e consegui. Foi ótimo ter ao meu lado o Derek [Blasberg, editor da revista feminina Vanity Fair] e a Natalia [Vodianova, modelo, filantropa e atriz ocasional] na Meia Maratona de Paris», revela.

Os essenciais para treinar

Para Karlie Kloss, há um acessório de treino imprescindível. «É essencial um bom par de ténis! Não conseguimos percorrer tantos quilómetros sem proteger os nossos pés», considera. «Também asseguro que estou hidratada e energizada com snacks saudáveis e muita água sempre que treino», refere ainda a modelo.

Para ela, a falta de disponibilidade para treinar está longe de ser uma desculpa. 20 minutos, todos os dias, pode ser o tempo suficiente de exercício. Para ela chega! Quando Karlie Kloss não consegue ir ao ginásio usa uma aplicação de exercícios e coloca bandas de resistência e pesos nos tornozelos, para treinar em casa durante 20 minutos. Uma solução que a modelo recomenda a quem a segue.

Não faz mal faltar uma vez por outra ao ginásio

Adepta da variedade, Karlie Kloss afirma que não nos devemos manter fiéis a um só tipo de exercício. «É muito importante alternar a rotina de exercícios, por isso opto por fazer pilates, e kick boxing, entre outras modalidades», revela. Adapte o exercício ao seu corpo é outro dos seus conselhos. «Pessoalmente, acho mais difícil tonificar os músculos do interior das coxas. Trabalhei com o meu treinador pessoal nesse sentido», desvenda ainda.

Texto: Joana Brito com Pedro Lourenço/Nike (fotografia)

artigo do parceiro:

Comentários