Diamante rosa é leiloado por quase 40 milhões de dólares

A gema "Diamante Princie" foi encontrada numa antiga mina de diamantes do sul da Índia

Um diamante rosa de 34,64 quilates foi vendido num leilão em Nova Iorque por 39.232.750 dólares (cerca de 30 milhões de euros), um novo recorde para a casa Christie's.

A gema, também chamada de "Diamante Princie", é um dos "maiores, e de melhor qualidade, diamantes rosa do mundo com uma procedência fabulosa", declarou, antes da venda, François Curiel, diretor do departamento de joalheria da Christie's.

Um comprador anónimo que participou no leilão por telefone pagou 39.232.750 dólares, ou seja, mais de um milhão de dólares por quilate, por esta pedra preciosa encontrada numa antiga mina de diamantes do sul da Índia, segundo a casa de leilões.

Este diamante rosa pertenceu, por algum tempo, à família real de Hyderabad, e desde 1960 era propriedade da sucursal londrina da Van Cleef & Arpels.

A empresa exclusiva de joias havia pago inicialmente 46.000 libras esterlinas pelo diamante, o equivalente a 1,3 milhão de dólares atuais, segundo a Christie's.

No total, os compradores pagaram mais de 80 milhões de dólares pelas joias leiloadas em Nova Iorque, incluindo quase 4,5 milhões de dólares por um diamante de 30,32 quilates de cor D e corte retangular, além de 3,3 milhões por um anel de diamantes elaborado pela casa Harry Winston.

O recorde da Christie's por um diamante era de 24,3 milhões de dólares, por uma peça de 31 quilates Wittelsbach em 2008.

AFP

Comentários