«Vou fazer um programa de televisão com a minha filha»

Chakall não para. O restaurante que abriu em Marvila foi alargado, está a transformar uma mota para uma das novas apostas da Netflix e ainda se prepara para abrir um bar. Entrevista exclusiva.

Nasceu em Tigre, em Buenos Aires, na Argentina, a 5 de junho de 1972, mas é em Portugal que gosta de estar, apesar de passar cada vez mais tempo fora. Antes de ser um dos mais famosos chefs da América Latina, estudou jornalismo na Universidad del Salvador e chegou a trabalhar como jornalista no diário El Cronista. Um ano depois de abrir um novo restaurante no bairro de Marvila, em Lisboa, o Modern Life foi saber que outros planos tem em carteira.

Qual é a sensação de ter o restaurante El Bulo Social Club by Chakall a fazer um ano?

É fantástica. Na verdade, quando abrimos um espaço, independentemente de sermos ou não sermos famosos, nunca sabemos o que vai acontecer. É sempre uma moeda lançada ao ar mas tem corrido muito bem. Tem sido sempre a subir, o que é mais importante. Muitas vezes, começa-se por cima e, depois, é sempre a descer. É melhor começar por baixo e ir evoluindo lentamente...

É isso que tem acontecido?

Sim, sempre a fazer coisas novas e a evoluir dentro do conceito. O objetivo é que as pessoas se sintam confortáveis aqui.

E agora tem um novo palco que lhe permite fazer mais coisas...

Exatamente! Nós tínhamos música ao vivo mas era complicado porque os músicos ficavam muito perto das mesas. Inicialmente, o restaurante era só esta zona [atualmente ocupada pelo bar] mas o projeto foi crescendo. Aos fins de semana vem muita gente e era complicado termos aqui bandas. Era muito difícil montar e desmontar o equipamento. Agora, a música tem o seu próprio espaço.

E o que é que este espaço muda em termos do próprio conceito do restaurante?

Dá para fazer mais coisas. Vamos ter muitos concertos. O próximo é já no Dia da Mulher! Não queremos que as pessoas venham cá só para comer. A programação, que pode variar de semana para semana, irá sendo apresentada no Facebook do restaurante. Mas a ideia é ir tendo sempre coisas novas.

Queremos também aproveitar a vinda de músicos [estrangeiros] que estejam em tournée pela Europa e que, sendo bons, ainda sejam pouco conhecidos. Tivemos cá um irlandês incrível há pouco tempo. Não me lembro do nome mas foi extraordinário.

É sempre um homem de muitos projetos. Fora da restauração, o que é que está a preparar mais?

Vou fazer um programa de televisão novo aqui em Portugal. Em princípio, vai ser para a Netflix.

E como é que vai ser?

Vai ser com a minha filha pequenina, viajando com ela numa mota que vai ser a nossa casa, com um quarto e tudo, explicando o que é o mundo a uma criança de dois anos. Pelo que vê no supermercado, ela tem, por vezes, uma ideia errada sobre a comida. Vou mostrar-lhe os produtos do país. A primeira temporada, se correr tudo bem, será gravada em Portugal e, depois, seguiremos para outros países.

Veja na página seguinte: O novo projeto secreto em que o chef Chakall já está a trabalhar

Comentários