Ana Guiomar revela segredos de culinária

“Mãe, já não tenho sopa!” é sugestivo nome do novo projeto da atriz, que vai partilhar dicas e truques de cozinha.

Ana Guiomar, 26 anos, uma atriz apaixonada pela cozinha

Ana Guiomar, 26 anos, atriz, inaugurou na rede social Instagram um espaço em que partilha as mais variadas receitas e dicas de cozinha com os fãs. Começou há duas semanas e está muito satisfeita com a adesão do público. “A brincadeira está a tornar-se séria…”, diz ela ao Sapo Lifestyle.

Como nasceu o projeto “Mãe, já não tenho sopa!”?
A ideia surge porque, como quase toda a gente, partilho receitas nas redes sociais e muita gente me mandava mensagens a perguntar que comida ia fazer. Cozinhar é uma coisa que eu adoro fazer e agora tinha tempo para este projeto. Mas eu fazia aquilo por brincadeira e agora a brincadeira está-se a tornar séria. Já estou assustada e vamos ver…

De onde vem o título?
Não sei fazer sopa e adoro a sopa da minha mãe. Sempre que vou a casa dela ligo-lhe e aviso-a que já não tenho sopa. Na sequência de mais um desses telefonemas achei que seria engraçado fazer alguma coisa com este título, ainda mais quando eu gosto tanto de cozinhar.

É um plano B à profissão de atriz?
Não foi uma coisa pensada como plano B, nem foi nada para chamar marcas. Mas, se vierem, serão muito bem-vindas até porque, que eu saiba, não há ninguém da minha idade ou alguma colega com um projeto igual.

Que reações tem recebido?
Tem havido um “feedback” grande. Lancei o projeto há duas semanas, alguns amigos acharam graça e foram partilhando. A minha agência está super-entusiasmada e vamos ver…

Que tipo de receitas podemos encontrar nesse seu espaço?
Cozinho em casa, todos os dias, o almoço e o jantar. Só quando estou a fazer teatro é que não dá. São receitas que faço em casa, não pedi ajuda a nenhum “chef” como algumas pessoas já disseram. Ofendem-me um bocado quando dizem que vou tirá-las à net ou que tenho alguém a cozinhar para mim. Tudo é feito por nós. A minha mãe, que é maquilhadora, ajuda-me na parte da imagem e depois tenho truques e dicas que ela faz e que estou habituada a ver desde miúda.

A quem se destina a sua cozinha?
Primeiro aos meus seguidores, porque foram eles que me levaram a fazer isto. Depois destina-se a mim, porque eu tenho um fascínio enorme por revistas de culinária. Finalmente, dirige-se a miúdas que estão a viver sozinhas e que estão a estudar. Eu própria me identifico um bocadinho com elas porque também fui viver sozinha muito cedo e, às vezes, pensar em coisas para cozinhar é uma dificuldade.

O que distingue o seu projeto da cozinha de um “chef”, por exemplo?
Tudo me distingue dos “chefs”. Não me comparo sequer a nenhum “chef” ou a alguém que tenha um curso de nutricionista e que lança receitas de treino, por exemplo, ou dicas de saúde. O meu projeto não tem nada a ver com isso. Cada um faz e come o que quer. Sou só uma rapariga que gosta de cozinhar e que achou graça a esta ideia.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários