Aldo Lima: "Sorrir é uma forma de estar"

A Associação SORRIR tem como missão promover e salientar a importância de sorrir para a saúde, não pela ausência de doença, mas enquanto bem-estar físico, mental e emocional.

O movimento O MAIOR SORRISO DO MUNDO nasce em 2013 para reforçar esta mensagem e representa alegria, amor, saúde e bem-estar.

Figuras públicas e empreendedores aderiram à causa e partilharam os seus testemunhos. Conheça a história de Aldo Lima.

O que é que te faz sorrir?

Aldo Lima: Momentos.

Aquilo que te faz sorrir é o mesmo que te faz feliz?

Aldo Lima: Eu não sou muito exigente. Para rir à gargalhada é que já sou muito exigente. Sorrir é uma forma de estar.

Ris de ti próprio?

Aldo Lima: Claro. Eu não escolhi esta profissão. A profissão é que me escolheu a mim. Acabou por acontecer porque eu já era assim. Depois percebi que me pagavam por causa disso.

Achas que o sorriso é uma ferramenta?

Aldo Lima: Pode ser uma ferramenta, pode ser uma defesa. Se for um sorriso sincero é o espelho da alma. Se for uma ferramenta não é honesto. Eu não o utilizo para esse efeito.

Há alguma coisa que te faça perder o sorriso?

Aldo Lima: Quando as coisas não estão bem. Eu posso estar a sorrir por dentro e não ter um sorriso no rosto. E como sou muito reservado, não ando sempre a rir.

Como é que te descreves?

Aldo Lima: Sou muito reservado na minha vida pessoal e social e sou muito tímido. Sou sarcástico no humor.

Achas que és uma das pessoas que provoca mais sorrisos em Portugal?

Aldo Lima: A partir do momento em que sou comediante, dou espectáculos que estão cheios e as pessoas reconhecem-me é porque sou um dos que faço rir em Portugal.

Qual foi o trabalho que mais te marcou pela positiva?

Aldo Lima: Não tenho nenhum que me tenha marcado pela negativa. Pela negativa também só me aborreço com questões técnicas, um microfone que não funciona, por exemplo, de resto sempre pela positiva. Faço aquilo que realmente gosto.

O Levanta-te e Ri foi importante na tua carreira?

Aldo Lima: Foi para a minha e para o consumo de humor em Portugal, abriu janelas. O stand-up comedy é muito pedagógico porque os temas são muito variados, chega a ser informativo.

Comentários