A chave do sucesso de Filipa Fonseca Silva

A primeira autora portuguesa a atingir o top 100 da Amazon

Quis ser jornalista mas, durante o curso de comunicação social e cultural, na Universidade Católica, descobriu a publicidade e decidiu ser copywriter uma profissão muito mais criativa e adequada à sua «fértil imaginação», como a descreve. No entanto, os livros são a sua grande paixão. «O meu primeiro romance não foi uma decisão mas, antes, uma inevitabilidade», assume a escritora.

Quando e porque decidiu escrever o seu primeiro livro?

Escrever um livro foi um desejo que nasceu a partir do momento em que aprendi a ler e a escrever. Ainda miúda escrevia histórias e encadernavaas à mão. Escrever o meu primeiro romance, «Os
30 - Nada É Como Sonhámos», não foi uma decisão mas, antes, uma inevitabilidade.

O que significa para si ser a primeira escritora portuguesa a entrar para o top 100 da Amazon?

É uma grande honra, porque é o resultado de uma aposta individual que fiz na tradução e distribuição do livro no mercado internacional.

Alguma vez pensou deixar a publicidade para se dedicar apenas à escrita?

Sim, penso nisso todos os dias! Embora goste muito do que faço, escrever livros é a minha paixão.

A par da publicidade e dos livros ainda tem um blogue. Porque razão resolveu entrar na blogosfera?

O meu blogue foi criado em 2004 e criei-o para partilhar o meu interesse por moda, daí o nome Crónicas Duma Fashion Victim. Estive quase quatro anos sem escrever e, quando voltei, comecei a escrever sobre tudo o que me interessa e a partilhar textos mais literários como contos ou excertos dos meus livros.

Qual o passo seguinte na sua carreira?

Para 2014, planeei o lançamento de um livro de crónicas e um ou dois livros infantis. Também espero conseguir começar o terceiro romance.

Ao longo da sua carreira sentiu alguma dificuldade por ser mulher?

Não. Claro que na literatura, como em tantas outras áreas, o trabalho das mulheres ainda é um pouco olhado de lado. Acham sempre que só sabemos escrever coisas lamechas e histórinhas de amor. Talvez por isso muitas mulheres ainda publicaquem livros sob pseudónimos.

É fácil conciliar a vida profissional e familiar?

Não posso dizer que seja. Sobretudo com um bebé de 21 em meses em casa e outro de seis meses na barriga. Mas quando se quer muito uma coisa, arranjamos sempre tempo.

3 regras essenciais para o êxito:

- Perseverança, porque há momentos em que começamos a duvidar de nós próprios e a questionar se vale a pena todo o esforço.

- Prática, porque como em qualquer outra profissão temos de estar sempre a praticar, a experimentar, a tentar fazer cada vez melhor.

- Não ter medo de falhar. Só quem tenta é que falha. Os outros continuam a viver no mundo do se...

Texto: Rita Caetano

artigo do parceiro:

Comentários