V… de viagem inspiracional

Pernoitar no Hotel V… em Vejer de la Frontera é como regressar ao passado (fotos)

V… de Vejer de la Frontera. Localizada na Costa da Luz, em plena Andaluzia, a vila sobressai no topo de uma colina. Com o seu casario branco, as suas ruelas estreitas, os seus velhos conventos, os muitos pátios típicos e o seu castelo de pedra, esta localidade espanhola a pouco mais de 530 quilómetros de Lisboa já foi considerada uma das 15 localidades rurais mais belas do país vizinho.

É também lá que fica o Hotel V… As reticências fazem parte do nome desta unidade hoteleira de 12 quartos que se distingue pelo espaço das suas divisões, pelo tamanho das suas camas e pela original decoração feita com peças de mobiliário português antigas.

M… de modernismo clássico. A funcionar desde fevereiro de 2008 numa mansão mourisca do século XVII em pleno centro histórico de Vejer de la Frontera, o Hotel V… alia na perfeição a antiguidade clássica ao luxo despojado dos tempos modernos. Além do mobiliário português antigo, está recheado de pormenores que, tal como toda a vila branca, nos remetem para tempos antigos, como é o caso da balança de pé metálica, igual às que muitas farmácias exibiam nos princípios do século passado, que decora um dos quartos.

Mas há mais. Há espelhos com as manchas da passagem dos anos, quadros com fotografias e provas de negativos antigas, pedaços de madeira a servir de mesas de cabeceira, fragmentos de jarras antigas a decorar quartos e casas de banho, vigas e ripas de madeira no teto. Vestígios de outras eras que convivem em plena harmonia com os candeeiros, os cortinados ou as modernas banheiras com hidromassagem, com as suas inovadoras torneiras metálicas do século XXI.

Apesar de praticamente não terem tapetes, uma característica comum a muitos hotéis do sul de Espanha, os quatros, muito claros, onde predominam os tons de branco e os tons de bege que contrastam com o cinzento do chão em cimento polido e com o castanho da madeira dos móveis antigos importados de Portugal, não podiam ser mais elegantes e confortáveis.

A… de aproveitar. Embora os quartos do Hotel V… sejam o cenário perfeito para uma noite de sono tranquila e retemperadora, este hotel rural, como o caracteriza a placa colocada na porta de entrada, é um espaço que pede para ser vivido e aproveitado. Mal se entra na antiga casa apalaçada, além dos pormenores e dos detalhes da decoração da receção improvisada, a primeira coisa que salta à vista é o pequeno pátio típico, decorado com flores e árvores, onde se pode tomar o pequeno-almoço ou ler e relaxar em total tranquilidade.

É também lá que, quando os hóspedes chegam, depois de percorrer as ruas estreitas do centro histórico da pequena vila, podem descansar e refrescar-se com uma bebida revigorante. Mas o segredo mais bem escondido de Vejer de la Frontera fica no topo do edifício, onde a partir de dois terraços com camas de madeira e de um jacuzzi estrategicamente posicionado se pode observar a imensidão da planície, a torre da igreja e os terraços dos prédios vizinhos.

M… de música. Para tornar o cenário (ainda) mais perfeito, a música ambiente é uma constante. Ouvem-se, sobretudo, temas de inspiração marroquina e andaluz, mas também música espanhola, pop internacional e música francesa contemporânea. Naquele espaço privilegiado, um verdadeiro cantinho de paraíso na terra, as horas passam quase sem se dar por elas e stresse é uma palavra que ali deixa de fazer sentido.

Quem não se contenta com a tranquilidade do espaço e necessita de mais, pode dirigir-se à zona de spa do hotel e requisitar uma massagem ayurvédica, uma massagem tradicional hindu ou uma massagem shirodhara (preços entre 125 e 260 €) ou ainda fazer um tratamento que alivia problemas psíquicos como o medo, a ansiedade, a angústia, a irritação e até a insónia e que inclui um banho de azeite sobre a cabeça depois de uma massagem relaxante. Também estão disponíveis aulas de yoga e pilates.

C… de convívio. Nos quartos do hotel, no pátio, nos terraços e nas restantes áreas comuns, não faltam revistas de viagens e também livros. A sala de lazer, onde funciona um bar, não é exceção. Os hóspedes podem servir-se aí, anotando os seus consumos num bloco, desfrutando depois das bebidas nos confortáveis sofás dessa divisão ou nas mesas do pátio central, forrado a relva artificial.

É nessas que a maioria dos turistas que pernoitam no hotel toma habitualmente o requintado pequeno-almoço, composto por pão torrado, presunto, queijo em azeite, manteiga, doce, tomate triturado, sumo de laranja, café, leite, croissants e uma deliciosa espetada de fruta fresca. O dia não podia começar melhor!

D… de descobrir. Vejer de la Frontera pode ser pequena em tamanho mas é grande pelas sensações que desperta. Perder-se no seu labirinto de ruelas é uma das melhores formas de descobrir a vila que acolheu muitos dos feridos da Batalha de Trafalgar, que em outubro de 1805 opôs os ingleses aos franceses e aos espanhóis.

É deambulando por elas que se irá surpreender com a quantidade de arcos e de pátios que existem nesta localidade espanhola. Não deixe de visitar o Arco de las Monjas, a Torre del Mayorazo, o Castelo de Vejer, a Igreja do Divino Salvador, o Palácio do Marquês de Tamarón e El Humilladero, bem como a Casa de la Cultura, onde se realizam regularmente exposições.

Quando se cansar de Vejer de la Frontera, o que não vai acontecer facilmente, não deixe de visitar a localidade de Conil de la Frontera, uma pequena vila com praia que também surpreende pelo seu património histórico e arquitetónico. A poucos quilómetros dali, ficam também as praias de El Palmar, que com os seus oito quilómetros de extensão de areia branca e praticamente sem construções em redor, constitui uma dos maiores areais do sul de Espanha.

G… de gastronomia. Não deixe a cidade sem se deliciar com a sua gastronomia típica. Além dos caracóis e das ortiguillas del mar, uma das especialidades da região, tem de provar a carne (frita) com tomate, as tortas vejeriegas e o pán duro, uma espécie de bolo seco que se assemelha aos bolos em forma de ferradura confecionados em muitas zonas do rural português.

Estas são também algumas das delícias gastronómicas que ser servem em Vejer de la Frontera em agosto por ocasião das festas em honra de Nuestra Señora de la Oliva, um dos eventos lúdicos mais concorridos da localidade, a par da já afamada feira de primavera, que se realiza anualmente duas semanas após a Semana Santa.

No que se refere ao artesanato local, a cestaria, a olaria, a verga e o vidro predominam. Por marcação, o hotel pode agendar caçadas, aulas de culinária, excursões náuticas e provas de vinho. O Hotel V… dispõe de classic rooms (quartos espaçosos bem decorados e equipados) e de superior rooms (quartos mais espaçosos com muita luz natural e um jardim privado ou uma área de relaxamento interior).

Além desses, tem ainda um exclusive room (o único quarto da unidade hoteleira com um pequeno terraço privado). Os preços variam entre os 199 € para o classic room, os 274 € para o superior room e os 299 € para o exclusive room durante todo o ano, não existindo variações de preços na época alta e na época baixa. Alugar os 12 quartos de hotel para grupos custa 2.788 €.

Texto: Luis Batista Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários