Relaxamento inovador num spa de sonho

Visitámos o Spa & Wellness Center, em Espinho, um centro de beleza e bem-estar que disponibiliza terapias e tratamentos que limpam a pele e a alma e renovam o espírito

É um dos templos de relaxamento da região onde está implantado. Apresenta-se como um dos mais modernos spas e wellness centers do país e foi implantado no carismático Hotel Solverde, construído, nos anos da década de 1980, em frente ao areal da praia de Espinho. O selo de modernidade que exibe é o resultado da necessidade de respeitar os padrões de exigência de um hotel de cinco estrelas mas advém, sobretudo, da inclusão de três conceitos inovadores de terapia, wave dream, floating e piscina dinâmica.

Uma das características deste espaço, pensado e montado em parceria com as prestigiadas marcas de cosmética Thalgo e Terraké, é ser mais do que um spa, é ser um spa & wellness center. A somar às indispensáveis terapias de beleza, bem-estar e relaxamento, este espaço aposta na vertente da promoção da saúde, disponibilizando soluções terapêuticas, como a reabilitação e a correção da postura, desenvolvidas na piscina dinâmica, sob a supervisão de um fisioterapeuta, a par do acompanhamento psicológico.

Tudo isto com a ajuda de uma equipa de terapeutas solícita e bem treinada, num ambiente acolhedor e propício ao descanso, que vale a pena experimentar. A Prevenir esteve no local uns dias antes da sua abertura oficial há cerca de cinco anos e apresenta-lhe, de seguida, o relato pormenorizado de uma visita que serviu para combater ansiedades e reduzir níveis de stresse. As instalações do spa e do centro de tratamentos e terapias prestam-se precisamente a isso.

Dia 1

A visita começou com uma volta de reconhecimento ao spa, para perceber onde se faz o quê e antecipar as boas sensações que ali vamos sentir. Assimilada a teoria, estava na altura de voltar ao quarto para vestir a habitual farda do spa (roupão e chinelos) e passar à prática. A primeira paragem foi para fazer um tratamento de rosto com massagem com pincéis para purificar e oxigenar a pele (ritual Terraké). 60 minutos depois, segunda paragem, desta vez para um relaxamento na sala Oceano, onde as camas com colchões de água aquecida convidam a descansar.

Dia 2

A primeira atividade do dia consistia em ficar de molho numa banheira de relaxamento, com cores e sons que fazem vibrar a água. De seguida, foi a vez de experimentar o termo-spa, uma massagem com jactos de água quente sob uma marquesa (sem molhar o corpo), e, finalmente, a sala de wave dream, onde os estímulos sensoriais de luz e som inebriam os sentidos. Mas o melhor estava reservado para a tarde, o duche Vichy. Uma massagem completa, da ponta dos pés ao pescoço, sob jactos de água quente a jorrar sobre o corpo. Melhor é... impossível!

Dia 3

Mimos não faltaram nesta visita de experimentação. O terceiro e último dia incluiu uma massagem de corpo com baguettes (ritual Terraké), excelente para ativar a circulação, além de uma breve passagem pela piscina de floating (uma sessão normal dura 40 minutos), onde o corpo flutua sem destino, induzindo o corpo e a mente a entrar num estado de relaxamento profundo. A sensação de descanso que temos depois do tratamento é indescritível. Não apetece nada sair de lá.

Veja na página seguinte: 3 tratamentos inovadores que valem (mesmo) a pena

Comentários