O lado mais cool de Banguecoque

Caótica mas apaixonante, a capital da Tailândia, muito em voga atualmente, é conhecida pela comida de rua, pelos mercados e pelos templos. No entanto, também tem locais muito trendy.

Quando visitar a Tailândia, não fuja da Banguecoque tradicional. Durante a sua estadia, é obrigatório vsitar o Grande Palácio, que inclui um dos locais sagrados do país, o Wat Phra Kaeo, bem como o Wat Po, para ver o grandioso Buda deitado. O seu roteiro deve incluir ainda uma visita à China Town para ir às compras e fazer uma visita noturna ao mercado das flores, se bem que o Chatuchack Weekend Market é a melhor experiência de compras que pode ter na cidade.

Atravessar o rio Chao Phraya num barco típico, passando pelo tempo War Arun (na imagem) é outro dos programas imperdíveis. Se pernoitar no The Siam Hotel, um dos mais luxuosos da cidade, que tem como diretor de marketing e vendas Marcos Pires, filho de mãe japonesa e de pai português, originário da região de Vale de Lobos, no Algarve, pode aproveitar o barco privado desta unidade hoteleira para o fazer. Veja a galeria de imagens e leia a reportagem deste hotel.

Fora dos roteiros turísticos tradicionais, são muitos os espaços desta cidade vibrante que também deve fazer por visitar. Para comer, dormir, passear e deixar-se encantar, estas são algumas das sugestões que deve (mesmo) considerar:

- Bangkok Art & Culture Centre

As várias salas deste centro cultural estão ligadas por uma rampa ao estilo do Guggenheim de Nova Iorque. Tem exposições de pintura, escultura, fotografia e instalações. A entrada é livre. Acompanhe a programação deste espaço em Bacc.or.th.

- Metro on Wireless 

É o restaurante do Hotel Indigo Bangkok Wireless Road e serve pratos maioritariamente tailandeses, aqueles que se comem na rua, mas aqui com mais requinte. Prove os noodles de arroz thai com caril de caranguejo. Apesar de ser um restaurante de hotel, tem pratos a partir de 5 €. Com uma arquitetura moderna e uma decoração surpreendente, é um ponto de passagem obrigatório.

- Gaggan

Tem como títulos ser o melhor restaurante da Ásia e o 10º melhor do mundo. Gaggan, o chef que abriu este espaço, apelida a sua comida indiana progressiva e é um mago da cozinha. Já imaginou comer uma bola branca que explode na boca com sabor a caril, ou um saco de plástico (feito com folha de arroz) com nozes no interior? O menu de degustação custa 65 €. Descubra as novidades da ementa em Eatatgaggan.com.

- Moon Bar

Do alto dos 61 andares do Hotel Banyan Tree, o Moon Bar dá-lhe a melhor vista sobre a cidade, até porque é totalmente ao ar livre. Para entrar há que obedecer ao dress code smart casual, os homens não podem entrar de chinelos, alças ou calções e as mulheres de calções curtos de ganga. Uma cerveja local ronda os 7 €.

- The Selected

De bicicletas a livros, passando por música e acessórios de moda, é possível encontrar tudo na The Selected, uma loja que dá relevo a marcas tailandesas. Está situada num dos centros comercias da cidade, o Siam Center.

- Liberty Area One

Tem alma vintage e é uma loja de roupa e acessórios, que destaca o trabalho de jovens designers de Banguecoque. Mais informações em Libertyareaone.com.

Veja na página seguinte: A aldeia dentro da cidade que tem (mesmo) de conhecer

Comentários