À descoberta dos pátios de Córdova

66 recantos cheios de histórias para lhe contar (fotos)

Foi numa série de programas da BBC apresentada por Monty Don, chamada «Around the World in 80 Gardens», uma série absolutamente notável, que tomei conhecimento da existência do Festival dos Pátios, em Córdova.

O festival consiste na abertura ao público, durante a segunda e terceira semanas de Maio, de alguns dos cerca de cento e tal pátios ainda existentes nesta cidade. E a beleza de alguns consegue impressionar até os mais exigentes!

Por pátios entenda-se um espaço central da casa, aberto para o céu, reminiscência do impluvium romano e dos riads do norte
de África, típico dos climas muito quentes em que as casas se voltam para dentro para se protegerem do braseiro exterior. Basta circular por esta cidade espanhola para se surpreender com alguns dos mais belos exemplares. A quantidade de cores e de vasos dispostos nas paredes chega a ser inebriante!

Veja a GALERIA DE IMAGENS DOS PÁTIOS DE CÓRDOVA

Córdova é uma cidade histórica, pequena e encantadora, ainda muito marcada por ocupações sucessivas de romanos, visigodos e
árabes, onde a circulação de carros é limitada, e onde a dimensão humana é um bálsamo para qualquer visitante.

Sobretudo conhecida pela sua fabulosa mesquita, a cidade tem outras vantagens que fazem dela um fantástico destino de dois ou três dias. Além de ser relativamente perto do centro e sul do nosso país, tem uma gastronomia excelente, percorre-se facilmente a pé, é lindíssima e está bem preservada e tem... os pátios!

A melhor maneira de usufruir totalmente desta cidade cheia de charme é ficar num hotel do centro, de preferência junto à mesquita. Não há muitos e não são muito grandes, mas há uma profusão de hostales a preços moderados, espalhados pela cidade.

Veja na página seguinte: O que os proprietários dos pátios fazem para os valorizar

Comentários