15 coisas para fazer (obrigatoriamente) em Telavive

É uma das cidades mais jovens do mundo, tem uma praia que parece não acabar e uma noite vibrante. A metrópole que personifica o lado mais cosmopolita de Israel.

Há cada vez mais portugueses a deixar-se seduzir por Telavive, a mais cosmopolita e vibrante urbe de Israel. Passar um dia na praia da cidade, que é considerada uma das mais bonitas do mundo e passear na promenade é algo que todos os turistas devem incluir nos seus roteiros, assim como comprar especiarias no Carmel Market e fazer uma visita guiada pela arquitetura Bauhaus, espalhada pela cidade, apesar de mais concentrada num dos bairros.

Visitar o Tel Aviv Museum of Art, ver a arte urbana e visitar Jaffa, o segundo porto mais antigo do mundo, são outras das propostas mais convencionais a considerar. Além destas seis, sugerimos mais nove, a maioria vocacionadas para a nova geração de turistas que prefere fugir aos locais de maiores concentrações em busca de experiências mais pitorescas:

1. Ouzeria

Uma cozinha mediterrânea, uma decoração simples e acolhedora e uma banda sonora do mundo fazem da Ouzeria uma dos locais mais apreciados da cidade. A ementa deste restaurante é composta sobretudo de petiscos, como a ikra, a salada de tâmara. As bebidas têm quase todas anis. O almoço ronda os 15 € e o jantar os 37 €.

2. Market House Hotel

Situado em Jaffa, a parte antiga de Telavive, este hotel foi construído onde outrora existiu uma capela bizantina, da qual ainda restam alguns vestígios que podem ser vistos através do chão de vidro do lobby. A decoração traduz o espírito descontraído com muita alma da cidade.

3. Sommer Contemporay Art

É o local ideal para ver o trabalho de artistas israelitas, quer sejam emergentes, quer sejam nomes já conhecidos, se bem que também recebe mostras de artistas internacionais.

4. Basma Coffee

Será recebido calorosamente neste café que lembra os antigos estabelecimentos de Jaffa. Aqui vai provar o verdadeiro café turco, acompanhado de um dos doces do médio oriente, como a baklava. Também serve refeições tipicamente árabes.

5. Elemento

É a loja do designer israelita, Yossy Goldeberg. Nela pode encontrar mobiliário com uma estética inspirada nos anos das décadas de 1960 e 1970, com cor, com têxteis de qualidade e sem o toque massificado do design atual.

Veja na página seguinte: A antiga estação de caminhos de ferro convertida em espaço multicultural

Comentários