Turismo do Centro espera que 2015 seja o melhor ano de sempre

O Turismo Centro de Portugal (TCP) prevê que 2015 seja o melhor ano turístico de sempre naquela região que congrega 100 municípios, tanto ao nível das dormidas como dos proveitos totais.
créditos: DR

De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), divulgados pelo TCP, respeitantes ao período entre janeiro e julho, o número total de hóspedes, nacionais e estrangeiros, atingiu em sete meses os 271.809, mais 19,35% do que no mesmo período de 2014 e o número de dormidas na região Centro ultrapassou os 2,4 milhões, mais 13,5%.

Continuam a predominar as dormidas de turistas nacionais (mais de 1,4 milhões, cerca de 58% do total). O número de dormidas nacionais aumentou, no mesmo período, 15,14%, enquanto o número de dormidas de turistas estrangeiros também subiu (+11,25%), para um total de mais de 993 mil.

Já os proveitos totais registados nos primeiros sete meses do ano cifraram-se em 104,3 milhões de euros, uma subida de 18,6% face a igual período de 2014, altura em que os proveitos se cifraram em 88,7 milhões de euros.

Ouvido pela Lusa, Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, assinalou o crescimento acumulado nas dormidas entre janeiro e julho "acima dos dois dígitos", considerando que "só, por si, já é um dado excecional".

"Claramente, a procura este ano tem sido muito superior face ao período homólogo de 2014", frisou Pedro Machado, faltando ainda os dados do mês de agosto, altura em que a procura turística da região cresce exponencialmente.

O TCP dispõe já de dados relativos aos postos de turismo da região, os mais recentes relativos a agosto: em Aveiro "os únicos já fechados", que apontam para um aumento de cerca de 70% na procura, 26.700 pessoas contra 15.600 em 2014.

Comentários