Primeiro Museu da Empatia do mundo abre em Londres

Inserido nos festejos do Thames Festival, que decorre desde 04 de setembro em Londres, o primeiro Museu de Empatia do mundo convida todos a calçarem os sapatos de outra pessoa e percorrer o museu com o olhar de outros... Uma experiência única e que tem como objetivo aumentar os níveis de empatia entre as pessoas

O Museu da Empatia promete ser uma experiência única e valiosa. Para começar, o museu é uma gigante caixa de sapatos. O visitante entra, escolhe uns sapatos do seu número, disponíveis numa estante, e vê o mundo através dos olhos dessa mesma pessoa.

Juntamente com os sapatos, é oferecido ao visitante um iPod onde poderá ouvir a história de vida do dono dos sapatos e saber como ele vê o mundo.

Este museu é itinerante e irá estar noutros países, e também online. Dedicado a desenvolver capacidades de empatia entre pessoas e criar uma revolução global nas relações humanas, o Museu da Empatia é único no mundo.

A empatia é um conceito muito popular nos dias de hoje, Personalidades como Barack Obama e Dalai Lama estão sempre a falar dela. Uma investigação levada a cabo pela neurociência revela que 98% das pessoas tem a habilidade de criar empatia, mas muito poucos conseguem atingir o seu potencial máximo.

Baseado nas ideias do pensador cultural Romam Krznaric, e do seu livro "Empathy", o Museu da Empatia promete transformar o modo como olha para o mundo, e para si próprio.

Saiba mais sobre o Museu da Empatia no site http://www.empathymuseum.com/

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários