Jornal francês elogia hotel português

Um jornalista do Le Figaro veio a Lisboa experimentar o Inspira Santa Marta Hotel. Além da unidade hoteleira, enaltece as belezas da cidade e a simpatia dos portugueses.

Portugal está na moda e são muitos os jornalistas que, no último ano e meio, passaram por Portugal para realizar reportagens turísticas, como foi o caso de Guillaume de Dieuleveult. Na edição digital do prestigiado jornal Le Figaro, o jornalista fala da sua experiência em Lisboa, elogiando a cidade, os portugueses e o Inspira Santa Marta Hotel, onde pernoitou. «O lobby é teatral», começa por descrever, antes de elogiar a suite 112, uma das sete que integram a unidade hoteleira.

«A disposição dos quartos foi feita de acordo com os princípios do feng shui e é muito eficaz. Sentimo-nos imediatamente bem», prossegue. Além do serviço, que considera «eficaz», «como são muitas vezes os portugueses», enaltece a vista e as pequenas varandas que permitem observar o exterior. «Uma atividade particularmente conveniente em Lisboa, onde o teatro do quotidiano é verdadeiramente saboroso», escreve.

Apesar da crítica positiva, também não deixa de fazer alguns reparos. Elogia a gastronomia do chef Joao Silva na brasserie mediterrânica Open, mas aponta o dedo ao serviço. «É bastante lento», considera. Para o jornalista, o pior é, contudo, o sistema de iluminação dos quartos, comandado por um pequeno quadro de bordo. «É preciso fazer várias tentativas antes de conseguir acender ou apagar a luz certa», condena.

Texto: Luis Batista Gonçalves

artigo do parceiro:

Comentários