"Mude a sua vida em 28 dias"

Jonathan Alpert revela o seu programa para vencer o medo

Jonathan Alpert, o mediático psicoterapeuta de Nova Iorque que troca o sofá do consultório por telhados de edifícios, elevadores, parques e centros comerciais - onde ‘atende’ desde atores e apresentadores de TV a atletas de alta competição -, revela o seu programa para vencer o medo no livro Mude a Sua Vida em 28 Dias que chega agora às livrarias portuguesas.

Se a maior parte das pessoas não gosta da vida que tem, porque é que não a muda? O psicoterapeuta Jonathan Alpert cedo encontrou a resposta na sua própria experiência: ele tinha medo de tudo, desde convidar amigas para sair a falar em público. Apesar disso, passo após passo, foi ultrapassando os sucessivos obstáculos – até se tornar (nas palavras do New York Observer) no psicoterapeuta mais requisitado de Manhattan.

Através de um programa muito prático em cinco passos, Jonathan Alpert ajudou inúmeros clientes a enfrentar medos que surgiam sucessivamente, ensinando-os a usar o medo de forma vantajoso. Passaram a realizar os seus sonhos e a viver vidas destemidas.

Jonathan Alpert partilha agora o seu programa no livro Mude a Sua Vida em 28 dias, que reúne inúmeros Planos de Ação para Vencer o Medo criados pelo autor para os seus clientes (desde planos para superar o medo de ficar desempregado para sempre a planos específicos para mulheres e para homens), bem como uma lista de exercícios e conselhos que nos ajudará a ultrapassar uma série de problemas tão comuns nos dias de hoje (desde temer a mudança a ser-se viciado em redes sociais, passando por ter medo de investir num negócio, de abordar o sexo oposto, de falar em público ou até mesmo de andar de avião).

EXCERTOS DO LIVRO

"Tal como você, muitos dos meus clientes julgavam, inicialmente, que os seus sonhos eram impossíveis. Depois perceberam que havia apenas uma coisa entre eles e o que realmente desejavam. Não era a sorte. Nem uma herança. E não eram as circunstâncias.

Era o medo. Com a minha ajuda, aprenderam a superá-lo. Perceberam que a diferença entre aquilo que estava por satisfazer e o que estava satisfeito não residia na presença ou ausência do medo. Mas sim no que faziam com ele."

Jonathan Alpert, in Introdução

"Não só decidi dar conselhos e dizer às pessoas o que deviam fazer, como decidi fazê-lo em contextos reais – nos locais em que se sentiam medo. Em vez de as sentar num sofá de gabinete, onde se sentiam seguros e não podiam testar os seus limites, comecei a levar as pessoas que se sentiam ansiosas em contextos sociais para parques, pedindo-lhes que caminhassem e se apresentassem a pessoas estranhas. Levei alguns clientes com medo das alturas a telhados de edifícios e os que tinham medo de andar de elevador a elevadores. Encontrava-me com eles no que receavam. (…)

Para minha satisfação, quase todos os meus clientes queriam experimentar esta nova abordagem."

> Jonathan Alpert, in pág. 24

Editora: Lua de Papel

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários