Chuva e subida da temperatura mínima a partir de terça-feira

A chuva vai regressar a todo o país a partir de terça-feira, prevendo-se também uma subida das temperaturas mínimas, devido à passagem de superfícies frontais, disse hoje à agência Lusa a meteorologista Maria João Frada.
créditos: AFP PHOTO / JEFF PACHOUD

“Vamos ter uma mudança significativa de cenário. A partir de terça-feira e até pelo menos dia 16 [sexta-feira] vamos ter a passagem de superfícies frontais de atividade fraca a moderada e, por isso, teremos precipitação”, adiantou a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com Maria João Frada, hoje prevê-se céu muito nublado ou limpo, haverá neblinas ou nevoeiros no nordeste transmontano e na beira alta e nas regiões do interior mais a sul.

“De um modo geral, hoje o sol vai brilhar com temperaturas agradáveis. As máximas vão variar entre os 14 e os 16 graus Celsius, mas no interior não ultrapassam os 4 a 5 graus. As temperaturas mínimas serão negativas no interior norte e centro na ordem dos 0 a -2 graus e a variar entre os 4 e 7 graus no resto do país”, explicou.

Segundo a meteorologista do IPMA, na terça-feira ocorre uma "mudança significativa" do estado do tempo.

“O anticiclone que nos tem afetado começa a deixar de se fazer sentir e a sua influência começa a baixar em latitude, permitindo a passagem de ondulações frontais (…). Na terça-feira teremos já precipitação no Minho e Douro litoral que vai estender-se gradualmente às restantes regiões do norte e centro e no final do dia no alto Alentejo”, afirmou.

Maria João Frada adiantou que, além da precipitação, está prevista uma pequena subida da temperatura mínima, mas que, apesar disso, estas serão baixas nos locais com formação de geada.

Comentários