Ambição e sede de poder na corte francesa

«A Cortesã» é o nome do novo livro da americana Susan Carroll

«A Cortesã», o mais recente romance de Susan Carroll, conta a história de Gabrielle Cheney, uma das mulheres mais poderosas na corte de Paris do século XVI.

Este livro, exclusivo do Círculo de Leitores, integra a saga de sucesso «A Rainha Negra», que narra a luta das Senhoras da Ilha Encantada contra os negros poderes de Catarina de Médicis, a nobre italiana que se tornou rainha consorte de França.

Descendente das Senhoras da Ilha, ao contrário das suas irmãs Ariane e Miri, Gabrielle Cheney aprendeu a domar as suas emoções e a magia para conquistar os favores de Henrique, o Rei de Navarra. Mas os jogos de poder acabam por coloca-la frente a frente com a Rainha Negra, Catarina de Médicis. Susan Carroll é natural da Pensilvânia, nos EUA, onde nasceu no ano de 1952.

Em 2005, escreveu o primeiro romance da saga «A Rainha Negra» e, desde então, já publicou mais seis episódios da série. Susan Carrol é o pseudónimo de Susan Coppula, apelido que adotou depois do casamento, uma vez que foi batizada com o nome Susan Carol Cute. Serena Richards é outro dos pseudónimos a que recorre regularmente para assinar alguns dos romances que escreve.

Livro

artigo do parceiro:

Comentários