Airbnb cresceu 59% em Portugal e recebeu mais de 1,1 milhões de pessoas no verão

Portugal já integra o Top 6 de destinos europeus que recebe mais visitantes pela plataforma Airbnb, com um crescimento de 59% este verão.
créditos: Pixabay

Em comunicado, a plataforma de reservas de alojamento local Airbnb informa que 1.113.000 pessoas reservaram quarto ou casa em Portugal neste verão (junho, julho e agosto).

Este volume de viajantes representa um crescimento de 59%, face a igual período do ano transato, situando Portugal como o sexto destino que mais visitantes recebeu pela Airbnb da Europa, neste período.

Destes viajantes, mais de 218 mil pessoas viajaram em família, sendo que Portugal ocupa o oitavo lugar, entre os países europeus, relativamente à chegada de hóspedes em família.

O número de portugueses que utiliza Airbnb também cresceu

Este verão, o número de portugueses a reservarem alojamento na plataforma Airbnb registou um crescimento de 73% para 173 mil, comparando com os 100 mil registados no verão do ano passado.

Os destinos que registaram maior crescimento entre os viajantes portugueses são domésticos, com especial destaque para o norte e para o arquipélago dos Açores. No entanto, o lugar cimeiro é ocupado por Santarém com um crescimento de 609%. Póvoa de Varzim (crescimento de 316%, em comparação com o mesmo período do ano transato), Vila do Conde (+ 220%) e Esposende (+ 198%) são as cidades em destaque, a norte. Já nos Açores, Madalena (+ 199%) e Angra do Heroísmo (+ 182%) foram os destinos com maior crescimento. Relativamente a destinos estrangeiros, Glasgow na Escócia destaca-se com um crescimento de 224%, face ao verão de 2016.

A Airbnb, este verão, recebeu 45 milhões de hóspedes, sendo que oito milhões foram viajantes em família. A melhor noite, no que diz respeito ao número de reservas na plataforma, foi a 12 de agosto com 2,6 milhões de hóspedes.

As cidades chinesas de Hangzhou (495%), Chongqing (388%) e Wuhan (371%) foram os três destinos com maior crescimento comparando com o ano passado.

Veja ainda: Já é possível passar férias em casa de Elvis Presley ou de Frank Sinatra

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários