Varandas floridas (quase) todo o ano

As tradicionais sardinheiras, também conhecidas como gerânios, são a flor perfeita para garantir parapeitos, pátios e terraços com mais cor. Saiba o que distingue as diferentes variedades.

Geraniu

Conhecidas vulgarmente por sardinheiras ou gerânios, os Pelargonium são plantas fáceis de tratar e florescem repetidamente durante longos meses. Por estas razões e por ser difícil resistir à beleza da sua floração, são as plantas mais comuns nas varandas e terraços portugueses. Originárias da África do Sul, das mais de duas centenas de espécies existentes, podemos destacar as quatro variedades que são presença habitual nos nossos jardins:

- Pelargonium zonale

É a mais vulgar e também a tradicional. O seu porte é ereto e lenhoso e as folhas são peludas e arredondadas.

- Pelargonium peltatum

Ideal para floreiras de pendurar em janelas ou varandas, dado o seu porte pendente. A variedade de flor singela é das mais exuberantes e com efeito espetacular, parecendo uma cascata de flores.

- Pelargonium graveolens

Com uma bonita flor cor de rosa na primavera e verão, esta planta destaca-se pelo seu aroma a citronela, repelente de mosquitos.

- Pelargonium grandiflorum

Planta de porte ereto com folhas perfumadas e bordas serrilhadas. As flores são grandes e muito decorativas. A floração mais exuberante ocorre na primavera.

Os cuidados de plantação a ter

As sardinheiras gostam de boa exposição solar para florirem com abundância. Em meia-sombra, as plantas tendem a estiolar dando menos flor. As variedades de Pelargonium zonale são as que resultam melhor com menos sol. O substrato deve ser fértil e com boa drenagem. O uso de argila expandida no fundo do vaso é muito importante. A propagação dos Pelargonium é fácil através de estacas desde a primavera até ao outono.

Veja na página seguinte: Os cuidados de manutenção que estas plantas exigem

Comentários