Terraço para lazer

Saiba como criar um espaço deste tipo
Tem um terraço e pretende utilizá-lo não só para receber amigos e fazer refeições exteriores, como para gozar da vista e envolvente, uma vez que é um espaço com uma excelente exposição solar?

Inspire-se no projecto que a arquitecta Teresa Chambel e decoradora Ana Cristina Antunes desenvolveram para uma moradia em Campo Alegre, no norte do país. O terraço deste projecto tem uma
área de cerca de 100 m2.

Foi solicitado que os materiais
utilizados nas peças de
mobiliário e revestimentos
pudessem ser deixados no
exterior durante o Inverno,
uma vez que o espaço disponível para arrumos
não é muito. Indo ao encontro dos desejos
da proprietária e maximizando a utilização
deste espaço, propomos a criação de 4 zonas
funcionais distintas com pontos comuns
em termos de materiais e plantas utilizadas.

Zona de refeições

Junto das salas localizámos
uma grande mesa em aço e vidro fosco
temperado em tons de cinzento, à qual juntámos
6 cadeiras com igual estrutura mas com os
assentos em material sintético muito resistente.
A cor será o laranja, uma vez que a proprietária
prefere as cores quentes.

Zona de pequenos-almoços e de estar

Junto
à cozinha propomos a colocação de uma mesa
redonda do mesmo material da de refeições e
duas cadeiras iguais (o que permite uma grande
versatilidade pois se estas cadeiras forem
necessárias podem ser colocadas na zona de
refeições principais). Na zona de estar mais calma e privada, optámos por duas espreguiçadeiras de
design modernos e mesa de apoio dos mesmos
materiais que o restante mobiliário.

Zona de plantações de aromáticas e flores
de corte

Existe neste terraço uma zona
particularmente difícil pois está dividida por
duas vigas no chão e tem a presença marcante
de duas chaminés. Propomos a criação de
uma cortina de vegetação em grandes vasos,
para criar algum isolamento visual.

A planta
escolhida é um arbusto de crescimento rápido
e muito boa reacção à poda (Eugenia myrtifolia).
A parede cega que delimita este espaço será
forrada com uma estrutura de floreira vertical
banca da Minigarden, o que permitirá ter todas
as aromáticas e até algumas hortícolas se os
proprietários o desejarem.

Veja na página seguinte: O que usar no limite exterior do terraço

Ao longo do limite exterior do terraço
propomos a construção de caixas de madeira
com o mesmo material do pavimento que será
em deck de madeira, estas caixas terão 50
cm de altura o que permitirá colocar floreiras
no seu interior, plantadas com herbáceas de
revestimento como cuphea ou lantana, ou
plantas de época como ciclamen, sálvia ou
cravo túnico.

Parte destas caixas funcionarão
como bancos que deverão ser cobertos
com madeira e coxins nos mesmos tons da
decoração (laranja, amarelo, encarnado).

Assim, criamos uma zona de estar mais versátil
junto da área de refeições.

O espaço será
pontuado com a colocação de grandes vasos
cinzentos/brancos/laranja) plantados com
arbustos talhados em coluna/bola/pirâmide
com cerca de 1.0-1.5 m de altura, nomeadamente Ligustrum
japonicum
, Laurus nobilis e Camélia japonica. Estes
vasos serão colocados sobre uma camada de
calhau rolado.

Haverá ainda pequenos vasos
com buxo talhado em bola e azáleas. Serão
colocados pontualmente grandes vasos cor de
laranja com limoeiros ou laranjeiras talhadas
em bola e cuja copa deverá ser controlada
anualmente para se manter com um diâmetro
de 1.2 no máximo.

artigo do parceiro:

Comentários