A melhor forma de lavar e limpar tecidos de algodão

É a matéria-prima mais usada na indústria têxtil e um dos tecidos mais utilizados na roupa interior, nas toalhas de mesa e nos lençóis. Saiba quais são os cuidados a ter para proteger esta peças.

Extraída de algumas plantas originárias da Ásia, da América e de África, esta fibra é a matéria-prima mais utilizada na indústria têxtil. Serve de base à confeção de vários outros tecidos. A elevada absorção de humidade da pele e o toque agradável explica, segundo Graça Silva, engenheira têxtil, em declarações à revista Saber Viver, «porque as roupas de algodão são as mais confortáveis e saudáveis, reduzindo a probabilidade de causar irritações cutâneas».

Por isso, é tão utilizado em roupas exteriores e interiores, mas também em peças para o lar, como roupa de cama e toalhas. «Graças à forte resistência, é de fácil manutenção», assegura a especialista. A temperatura máxima de lavagem na máquina não deve ultrapassar, contudo, os 95º C. Evite lavar os tecidos de algodão e/ou poliéster juntamente com os de 100% algodão, pois provoca borboto.

A lixívia é permitida em algumas peças, mas tem de ser usada com cuidado, pelo que é fundamental ler sempre as etiquetas que as acompanham. O ferro não deve ultrapassar os 200º C. Para garantir uma maior longevidade das peças neste tecido, muitos especialistas defendem a sua lavagem à mão, preferencialmente com água fria ou tépida, nunca misturando a roupa branca com roupas de outras tonalidades.

artigo do parceiro:

Comentários