Mote do dia: Upcycling/Recycling

Aproveite o fim de semana para pôr em prática algumas dicas originais que podem transformar a sua casa

Com um pouco de imaginação e originalidade podemos reaproveitar qualquer tipo de material, basta fazer o processo de upclycling, ou seja, olhar para os materiais de forma inventiva e original, dando-lhe uma nova função e permitindo que se transformem em algo de maior uso, valor ou qualidade.

Quando fazemos uma limpeza aos nossos roupeiros aproveitamos para selecionar as roupas que ficam e as que vão para dar. No entanto é comum encontrar algumas peças que estão demasiado estragadas e que não têm condições para ser usadas por outras pessoas e que acabam por ser deitadas fora ou usadas como panos de limpeza.

Reaproveitar tecidos não é a apenas uma questão de evitar que os motivos mais bonitos das nossas antigas roupas acabem no lixo, mas também uma iniciativa ecologicamente correta que demonstra preocupação ambiental.

A nossa dica de hoje é fazer o reaproveitamento de algumas peças de roupa que tenha lá por casa ou algumas rendas perdidas, e transformar uma velha moldura em algo completamente diferente.

Material a utilizar
Moldura velha
Cola branca
Verniz acrílico de artesanato (opcional)
Pincel
Tesoura
Martelo
Restos de tecidos coloridos
Rendas diversas

 Vamos então começar a fazer!

. Reúna todo o material necessário para que nada falte durante a execução do trabalho.
. Primeiro desmanche a moldura retirando a parte de trás e respetivo vidro.
. Aplique a cola com a ajuda de um pincel e espalhamos bem, ao longo da parte da frente e de trás da moldura e vá aplicando os diversos retalhos de tecido fazendo uma composição a gosto.
. Pode nesta altura fazer aplicações com rendas e conjugar as cores dos diversos retalhos para um trabalho mais divertido.
. Deixe secar entre 2 a 4 horas, e caso pretenda, é nesta altura que se aplica o verniz de acabamento para uma finalização mais perfeita, que encontra em diversas lojas de artesanato.
. Deixe secar durante 24 horas.
. Volte a montar o vidro e respetiva parte de trás tendo em atenção os pontos mais volumosos da junção dos tecidos.
. Caso necessário poderá, com cuidado, utilizar o martelo para calcar esses altos.

Et voilà, uma nova moldura para colocar a sua fotografia preferida.

Marta Espregueira (Imagina e Fazes)

www.cinco-estrelas.pt

artigo do parceiro:

Comentários