Mergulhia permite criar ramos de crescimento rápido

É uma técnica acessível de implementação fácil. Saiba como deve proceder, os cuidados a ter e as espécies mais recomendadas para ser bem sucedido no processo

Há muitos especialistas em jardinagem e hortofloricultura que não a dispensam. A mergulhia é a técnica que permite forçar um ramo a produzir raízes antes de separado da planta mãe. É fácil e não requer controlo enquanto se formam as raízes. De seguida explicamos-lhe, passo a passo, o que fazer, quais os cuidados a ter em conta e, ainda, quais as flores em que deve apostar para ser bem sucedido. Corte, plante e proteja. Para criar um ramo de crescimento rápido deve proceder da seguinte forma:

- Selecione um ramo jovem e elimine as folhas e rebentos laterais dos 30 centímetros anteriores à extremidade. Na metade, faça um pequeno corte enviesado.

- Empape com hormonas de enraizamento o corte e prenda o ramo ao solo com o encaixe para baixo. Utilize arame e cubra com terra.

- Dobre a extremidade de forma a que fique na vertical e coloque um tutor. Quando estiver enraizado, levante o ramo e corte a mergulhia. Plante em vaso ou no local definitivo.

Cuidados a ter

Deve restringir a atividade nutricional e hormonal nos tecidos do ramo da mergulhia, já que destes depende a formação de um bom sistema radicular. Para isso, deve dobrar o ramo em ângulo recto. Nas plantas que enraizam com dificuldade deve cortar um pedaço da madeira e apertar com arame. Para ver crescer a sua mergulhia de forma saudável, respeite os seguintes critérios:

- O ramo a dobrar para a mergulhia deve ser vigoroso, de crescimento rápido e fácil regeneração. Nalguns casos, convém podar a planta original antes da mergulhia, encurtando os ramos.

- O terreno que rodeia a planta requer preparação, de forma a reter bem a água. Deve também ter boas condições de arejamento e drenagem até 30 cm de profundidade.

- Ramo e solo devem receber luz solar porque o calor aumenta a produção de raízes. Escolha rebentos com até dois anos e com entre 60 a 90 centímetros, com desenvolvimento horizontal e que estejam perto do solo.

- O outono ou início da primavera são a altura mais adequada, já que o solo se encontra em boas condições para cultivo.

Veja na página seguinte: As espécies mais aptas para a mergulhia

Comentários