Menos água no azevinho

É uma das espécies botânicas mais associadas ao Natal mas dá-se mal com o excesso de pluviosidade típico desta quadra. Saiba como cuidar de uma planta estragada pela chuva

Natal que é Natal tem de ter decorações de azevinho. Mas há quem goste da planta ao ponto de a cultivar no seu jardim, como sucede com Aurora Conceição, uma jardineira amadora de Cantanhede. «As chuvas da última primavera estragaram um azevinho que tenho no jardim. A folhagem encontra-se acastanhada nalguns ramos e branca noutros. A planta está à sombra e o terreno é bastante ácido», explica a assistente administrativa.

O azevinho (Ilex aquifolium) gosta de solo ácido e sombra mas não de tanta água como a que terá caído. O resultado são os claros sintomas de botritis ou bolor cinzento (Botrytis cinerea) que muitos exemplares evidenciam nessas situações. Para prevenir este problemsa, promova uma boa drenagem. O seu azevinho é de folhas verdes e brancas e por isso apresenta formações de folhas albinas, totalmente brancas.

artigo do parceiro:

Comentários