Gestão e utilização da água nos espaços verdes

Um uso sustentável deve evitar a prática de regas desnecessárias. Saiba como (fotos)

Apenas um por cento da água existente no planeta está disponível para consumo.

Prevendo-se o crescimento da população mundial de 6,2 biliões de pessoas para 8 biliões até 2030, é fácil concluir que a poupança de água deve ser, atualmente, uma das maiores preocupações da humanidade, sendo que a necessidade de poupar nunca foi tão grande.

Como poderemos, então, chegar a uma resposta eficiente para a rega dos espaços verdes, tão importantes nas nossas sociedades,
tais como áreas de lazer, desporto e descanso e que contribuem para uma maior qualidade do r e do ambiente, proporcionando a todos nós uma melhor qualidade de vida?

Para a realização de uma rega eficiente, quatro aspetos são fundamentais:

- A existência de um projeto correto
- O uso de equipamentos e produtos adequados a cada situação
- Instalação devidamente efetuada
- Manutenção e utilização adequadas do sistema de rega

Para conseguir um projeto bem dimensionado, deveremos ter a preocupação de proporcionar a melhor uniformidade
possível, isto é, toda a zona a regar deverá receber a mesma quantidade de água. Para isso é necessário escolher devidamente
os emissores para cada situação e proporcionar uma rigorosa implementação dos emissores sobre as zonas a regar. O sistema de rega projetado deverá ser também duradouro e pensado para ter o mínimo de manutenção possível, poupando água, mão de obra e garantindo o investimento feito em plantas, árvores e relvados.

Veja a GALERIA DE IMAGENS DE SISTEMAS DE REGA

Veja na página seguinte: Os fatores que influenciam a esclha de um sistema de rega

Comentários