Flores de janeiro

Confira tudo o que tem que fazer este mês para começar o ano com um jardim fantástico. Saiba quais são as espécies a semear e os cuidados preventivos a ter

Ano novo, vida nova, também no jardim. O rigor do inverno obriga a cuidados acrescidos e a trabalhos preparativos que têm de começar, desde já, a ser planeados. Estas são algumas das ações a empreender este mês:

- Semeie as flores da época

Também pode ir preparando a cor da próxima estação, semeando petúnias, margaridas, entre outras, em locais protegidos como as estufas. Depois de as semear, mantenha-as ligeiramente húmidas, regando-as com cuidado para não as encharcar em demasia, o que poderia comprometer o seu desenvolvimento normal.

- Faça uma rega mais eficiente

Depois de plantar, regue com regularidade. Regar agora não é tarefa prioritária, a não ser que se trate de espécies recém-plantadas, por exemplo roseiras com a raiz nua. Regue de imediato e regularmente até que as plantas fiquem estabelecidas.

- Plante bienais

Se no outono semeou amores-perfeitos ou calêndulas, já pode levá-las para o maciço coloque-as muito próximo umas das outras, por exemplo a 25 cm ou 20 a 25 plantas por metro quadrado.

- Verifique as proteções

Assegure-se que não falta palha ou casca de pinho nos pés das vivazes para evitar que passem frio. Não as divida agora porque pode ser perigoso. Espere pela primavera, depois das geadas.

- Guarde as friorentas

Se tem plantas que não resistem no exterior a climas muito frios, guarde-as em locais cobertos até que o tempo quente permite a sua reintrodução no jardim. Como é o caso, por exemplo, dos gerânios.

- Adube e cave junto das bolbosas

Embora não tenham florido ainda, uma aplicação de húmus decomposto nas túlipas, narcisos, anémonas e outras flores da época, é benéfica para a boa floração a partir do próximo ano. Retire as daninhas, cave o solo com cuidado antes de aplicar o adubo para facilitar a penetração da água quando regar.

Comentários