Cuidados de jardinagem para dias de calor

Os meses estivais exigem uma terra mais húmida e uma rega mais exigentes. As ações que deve empreender para proteger e preservar a saúde das suas plantas

Regar é uma das tarefas fundamentais nos períodos de maior calor. Os maciços de flores, o relvado, as árvores e os vasos necessitam de elevadas quantidades de água no verão. É necessário regar diariamente mas evitando as horas de maior calor e, preferencialmente, temperando a água. Antes de o fazer, clique aqui para saber como deve proceder. Nesta altura, a terra deve ser bem empapada mas não encharcada. Este está, contudo, longe de ser a única preocupação a ter em linha de conta por esta altura.

Mondar é outra das ações fundamentais. Assim como as plantas incrementam a atividade devido ao maior número de horas de luz, também as infestantes se multiplicam. E não há nada mais inestético do que um jardim com daninhas. Com uma pequena enxada ou outra ferramenta, extraia as infestantes juntamente com as raízes. Adubar é outro dos gestos essenciais. No verão, as plantas consomem mais nutrientes porque a rega faz com que parte destes se percam e porque necessitam de mais energia para a produção de flores.

Para que as plantas não se ressintam, reponha os nutrientes em cada duas ou três semanas. Os fertilizantes químicos são os mais indicados. Planta-se menos mas também se planta. Embora o verão não seja uma época de plantações, é possível estabelecer certas espécies, em concreto as que florescem no outono, como áster ou amaranto, entre muitas outras. Evite, todavia, plantar em dias de muito calor. Se, ainda assim, tiver de o fazer, nunca o faça nas horas centrais do dia, sobretudo no período entre as 13 e as 15 horas.

artigo do parceiro:

Comentários