Como fazer composto

Uma forma fácil e orgânica de potenciar o desenvolvimento das suas culturas

O composto resultante da mistura processada de ramos, folhas, flores e plantas secas, madeira triturada e palha com restos de comida, vegetais, fruta fresca e restos de plantas verdes é um excelente fertilizante orgânico.

Esta mistura estimula o crescimento das raízes, aumenta a capacidade de infiltração da água no solo, mantém a temperatura do solo e mantém o pH do solo.

Além disso, ativa a vida dos microrganismos bons no solo, reduz o aparecimento de infestantes, reduz a utilização de herbicidas e deve colocar nas suas plantações e sementeiras este composto pelo menos uma vez por ano (no outono e/ou na primavera). Podemos considerar dois tipos de materiais biodegradáveis para colocar no compostor:

- Material castanho (ramos, folhas, flores e plantas secas, madeira triturada e palha)
- Material verde (restos de comida, vegetais, fruta fresca e restos de plantas verdes)

Ao colocar o material no compostor, deve ter o cuidado de alternar as camadas de resíduos verdes com as de resíduos castanhos. A camada que está por cima deve sempre ser de resíduos castanhos para evitar o problema dos odores. De cada vez que coloca uma nova camada deve regar e revirar o composto.

Quando mais revirar, maior será a oxigenação e mais rápida a formação de composto. O produto final (composto) deverá estar pronto a ser utilizado em 6 a 12 meses. O composto vai ter um aspeto de terra escura, sem cheiro e à temperatura ambiente. Depois de ser retirado tem de estar duas a três semanas em repouso antes de ser utilizado.

artigo do parceiro:

Comentários