Discussões sobre a melhor forma de arrumar a loiça na máquina?

Haverá, certamente, diplomados nesta matéria. Mas ainda há muitas pessoas que desesperam cada vez que chega o momento de colocar a loiça na máquina de lavar ou que o fazem de forma errada.

As discussões familiares provocadas por este pequeno gesto são descritas por diversas pessoas. “Porque razão ‘eles’ acham que sabem arrumar melhor a loiça do que nós (mulheres)?”

Arrumar a loiça na máquina da forma correta não tem a ver com sexos. Há pequenos truques, mas, sem dúvida, a melhor forma é respeitar as recomendações dos fabricantes e seguir as regras básicas.

Quando a loiça é mal colocada, os resultados acabam por ser negativos e, claro, culpamos a máquina porque os talheres ficaram com resíduos de sujidade, ou as tigelas ficaram com resquícios de lasanha “naquele cantinho”. Nunca nos lembramos que, ao colocar a loiça na máquina, é preciso garantir que a água chega a “todos os cantinhos”. E isso acontece pela forma como a loiça é colocada na máquina.

Há anos que os fabricantes tentam desenhar os cestos com os melhores formatos, de forma a garantir que os pratos ficam no lugar devido, que os copos saem secos e brilhantes, que os tachos saem da máquina sem ser preciso "esfregar" aquele restinho do jantar.

Não, não vale a pena passar a loiça por água manualmente antes de a colocar na máquina. Sobrepor a loiça é errado e não é preciso iniciar o ciclo de lavagem apenas quando já custa fechar a porta da máquina.

Sim, 'elas' também têm ideias corretas sobre o tema e será bom ouvir o que têm a dizer.

Se estas regras forem respeitadas, em conjunto com os truques aprendidos com a utilização, acabaram-se as discussões por causa da lavagem da loiça. Poderá dedicar o seu tempo para comer e amar. Deixe a loiça suja para a máquina.

Um conselho prévio: é proíbido colocar na máquina aquela peça delicada herdada da avó.

Organização

A primeira coisa a saber é que quando abre a máquina, aqueles cestos têm espaços definidos para a loiça por alguma razão. Se não os respeitar, o mais certo, é obter resultados indesejados. Depois, há formatos de loiça, ou dimensões de copos, que podem ser incompatíveis com as máquinas de lavar. Para quem ainda está na fase de escolha do modelo da máquina, deve ter em conta as características da sua loiça e procurar o modelo que melhor se adapta às suas necessidades. Em qualquer modelo, comece por colocar a loiça na parte de trás para facilitar a arrumação.

Volte a parte suja da loiça para a saída da água e evite sobrecarregar a máquina. Um tacho a mais, "amontoado", pode significar uma lavagem menos eficiente.

Dois cestos

Praticamente todos os modelos de máquina possuem dois cestos. Coloque no cesto de cima os copos, voltados para baixo. Os jatos de água vêm de baixo e só desta forma lavam o interior do copo com eficácia. Além de evitar que a água fique acumulada no interior dos copos no final da lavagem. Se tiver copos mais altos, coloque-os no cesto inferior, mas com cuidado. Confirme se a máquina não tem um acessório específico para encostar os copos.

Normalmente, nos cestos de cima há também espaços próprios para pratos mais pequenos, como os pires ou pratos de sobremesa.

Os restos de comida em excesso no filtro da máquina podem causar danos e prejudicar as lavagens.

Os pratos rasos e de sopa, devem ser colocados no cesto de baixo, na vertical, respeitando os espaços definidos. Tenha especial atenção aos pratos de sopa que podem ter tendência para “encaixarem” uns nos outros. Isto vai dificultar a chegada da água à sujidade. Dependendo do modelo da máquina e do formato dos pratos, experimente alternar pratos rasos com pratos de sopa.

Os pratos maiores devem ser colocados nas laterais, para ajudar na circulação da água.

Comentários