Alívio imediato no jardim

Descomprima do stresse das compras de Natal cuidando das suas árvores e plantas

Os preparativos natalícios não podem ocupar todo o seu tempo livre nesta altura. Estas são as tarefas biológicas que deve empreender em dezembro:

- Não retire os ramos mortos

No final da época, é habitual limpar os maciços. Mas a vegetação morta é um alimento útil quando se decompõe, porque no início da estação fria mantém a terra quente.

E, antes do verão, retém a humidade e mantém-na fria. Por isso, não recolha os ramos mortos do seu jardim.

- As joaninhas como aliadas para combater o pulgão

As joaninhas são amigas do jardim porque as suas larvas se alimentam, sobretudo, de pulgões. Apenas uma joaninha é capaz de devorar até 400 pequenos parasitas durante os 20 dias que vive.

Agora, no inverno, não têm muita atividade e podem esconder-se na parte baixa das sebes à espera de melhores temperaturas. Se não quer que se vão embora para outro local mais seguro, não trabalhe nessa zona, nem sequer para eliminar as daninhas.

- Crie um jardim de ervas para combater as pragas

Dispense um pequeno canteiro do seu jardim para criar um espaço que lhe permita ter à mão uma grande variedade de ervas aromáticas e culinárias. Estas são muito úteis na cozinha ou para utilizações medicinais ou de higiene. Eis o que deve fazer:

- Prepare o solo. Com cordel e canas, marque o desenho do jardim, incluindo um caminho.

- Se usar gravilha no caminho, crave tábuas nas margens. Coloque as plantas no local e regue bastante.

- Reencha o caminho com o material vegetal plantando de forma homogénea e nivele.

- Regue e para estimular o desenvolvimento arbustivo, elimine os extremos quando medirem um palmo.

artigo do parceiro:

Comentários