Stockmarket de Natal com descontos até aos 80%

Aquele que é considerado o melhor mercado de liquidação de stocks está de regresso com promoções, ofertas e até um projeto de apoio social para alimentar necessitados

Nos próximos dias 5, 6 e 7 de dezembro, todos os caminhos dos que não resiste a uma boa pechincha vão dar ao Centro Cultural de Belém, em Lisboa. Considerado por muitos o melhor mercado de liquidação de stocks, o Stockmarket «apresenta a melhor solução para as lojas escoarem stocks e oferecer boas oportunidades de negócio ao público», refere fonte da organização em comunicado. «Centenas de marcas de referência poderão ser encontradas nas diversas áreas de moda, acessórios, joalharia, relojoaria, perfumaria e têxteis-lar com qualidade e descontos que chegam aos 80%», pode ler-se ainda no documento.

No dia 5, sexta-feira, o primeiro dia do evento é destinado a quem quer evitar multidões, «tendo o privilégio de escolher em primeira mão», realça a organização. «Nesta edição, em género presente de Natal, oferecemos a entrada a três pessoas pelo preço de um bilhete», informam ainda os promotores da iniciativa. Esta promoção é válida apenas na sexta-feira. Se não gosta de pagar para entrar, no último dia, tem à disposição uma forma de colaboração que personifica o espírito caritativo e solidário da época, no âmbito de uma campanha intitulada «É preciso ter lata!».  

«Não quer pagar entrada? Quer ajudar quem precisa? A DariAcordar e o Movimento Zero Desperdício agradecem e vão distribuir a dezenas de famílias necessitadas. Basta trazer comida enlatada ou ensacada, no domingo, dia 7 de dezembro, no valor mínimo de 3 euros, entre as 12h e as 14h ou as 17h e as 19h», informa a organização. Ericeira Surf Shop, Fred Perry, Gardénia, Desigual, WeSC, Hurley, Editora Leya, Capitão Lisboa, Adidas, Timberland, Nike, Puma, Gant, Missoni (Atoalhados) e Ralph Lauren (lençois) são algumas das marcas presentes no evento, que têm um horário diferente em cada um dos dias.

Stockmarket de Natal com descontos até aos 80%

artigo do parceiro:

Comentários