Gostava de ser professor(a) de yoga?

Jean-Pierre de Oliveira, professor, lança a "9ª edição do Curso de Professor de Hatha Yoga", a ter início em outubro.
créditos: pixabay

Já pensou em ser professor/a de yoga? Mudar de vida pode ser mais simples do que imagina.

No dia 21 de outubro começa a "9ª edição do Curso de Professor de Hatha Yoga", conduzido por Jean-Pierre de Oliveira.

Com milhares de aulas dadas por ano e certificado pela Yoga Alliance EUA, Jean-Pierre de Oliveira é professor de yoga e coordenador de formação de professores há quase 10 anos. É também um dos professores responsáveis por uma aula de yoga ao ar livre no evento Wanderlust 108, que irá decorrer em Lisboa a 8 de outubro, e que é o primeiro triatlo mindful do mundo.

Sobre o curso

Nas 200 horas da formação, os alunos e praticantes vão aprender tudo sobre a filosofia ancestral do yoga. Este curso caracteriza-se por ser muito prático na sua abordagem a esta filosofia e seus ensinamentos.

"Podemos transpor estas ideias para a nossa vida e para o nosso quotidiano, tal como ensinado no Bhagavad-Gita, a ‘bíblia’ Hindu", explica Jean-Pierre.

O professor de yoga desenvolveu o curso a pensar nos praticantes que não querem seguir uma vertente filosófica específica, mas que querem aprofundar conhecimentos, esclarecer as suas dúvidas e melhorar a sua prática.

"Muitas formações de yoga são ‘politizadas’; a nossa prima pela liberalidade e simplicidade", defende. Chama-lhe um formato avant-garde: sem formalidades e adaptado ao estilo de vida social ocidental dos alunos.

Os conteúdos programáticos são os sugeridos pelo Yoga Alliance. As 200 horas dividem-se em quatro módulos: Filosofia do Yoga, hinduísmo, Yogas Sutras de Patanjali e éticas do yoga (30 horas); Práticas Intensivas de Asanas fundamentais e variantes, Pranayamas, Savasana e Pratyhara/Dharana/Dhyana (100 horas); Metodologias de instrução sobre vocabulários em Sânscrito, técnicas de meditação, gestão de grupos e ajustamentos verbais (35 horas); e Anatomia e biomecânica do corpo (35 horas).

A formação prevê ainda trabalhos de casa para todos os participantes. Jean-Pierre recomenda a prática de Hatha Yoga, em regime de Karma Yoga, em ONGs ou outras organizações de solidariedade social. «É na experiência dos ensinamentos teóricos que temos a oportunidade de entender e aprender para assim aceder ao autodesenvolvimento», defende.

Onde decorre o curso

As aulas têm lugar um fim-de-semana por mês, no seu estúdio situado em Xabregas, em Lisboa. Entre as 10 e as 17 horas de sábado e de domingo, num total de 12 horas no decorrer dos 10 meses da formação.

As sessões incluem um módulo teórico e outro prático. Os alunos devem ainda praticar um mínimo de duas horas de yoga por semana. E Jean-Pierre oferece a todos os inscritos participação gratuita em qualquer uma das aulas que dirige de segunda a sexta-feira.

As inscrições podem ser efetuadas através do email info@yoga-spirit.pt.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários