Florais: Receba luz e consciência através da essência das plantas

O uso de flores e plantas no tratamento humano é muito antigo. Pesquisas indicam que as flores já eram utilizadas com este objetivo antes de Cristo.

Os florais são extractos líquidos de flores, tomados oralmente, oferecem o poder das flores. Indicados para transformação e cura emocional, auto conhecimento, e saúde mental e física.

Segundo os estudiosos da matéria, atitudes e palavras negativas bloqueiam a passagem da luz pelas nossas células, quer a um nível físico, quer a um nível extra físico, provocando doenças. As doenças começam sempre nos nossos corpos extra físicos e são o resultado do desalinhamento com o nosso propósito maior, ou missão. Misturados com água ou tomados diretamente em gotas oferecem o poder curativo das flores. Não tem contra indicações.

Alguns testemunhos reais revelam que os florais são muito subtis, eficazes e oferecem rápidas e positivas mudanças. Alguns exemplos aplicados ao mundo da criança e no seu dia a dia, melhoram e ajudam a mudar padrões de comportamento, personalidade, concentração, imaturidade, agitação, hiperatividade, traumas infantis, articulação pensamento/fala, baixa auto estima, comportamentos destrutivos, mágoas, carências, ressentimentos, escolhas e prioridades, entre outros.

Foram efetuados alguns estudos e testes com grupos de crianças provenientes de raízes desestruturadas, como por exemplo, crianças abandonadas e vítimas de maus tratos.

Após 21 dias já era possível observar melhorias diversas em cada criança ao nível de restabelecimento e fortalecimento dos padrões normais de consciência, ou seja, as crianças apresentavam mais bases de equilíbrio. Com a ajuda dos florais escolhidos e adequados, foi possível, e com alguma rapidez, obter alteração de traumas e maus padrões familiares adquiridos, repondo os níveis de saúde, amor e gentileza e flexibilidade.

Os florais são um preparado líquido com essência da flor ou flores combinadas e são tomadas em gotas diretamente na boca ou misturadas numa garrafa de água.

A nossa integridade e equilíbrio físico são abaladas e desestabilizadas sempre que a vida nos obriga por ausência de outras escolhas, a viver situações que vão contra a informação da alma. Começam por se manifestar em situações mentais ou emocionais em oposição à mensagem da alma. Logo após o corpo físico é apanhado nesta vibração e desenvolve doença ou fragilidade de saúde. A dor, o cansaço, a doença, falta de força física, alterações de humor são algumas das manifestações possíveis desta fragilidade.

Cada pessoa ou criança tem limites diferentes. É importante ainda considerar os limites do corpo, da mente e das emoções em cada um. Se estes limites são ultrapassados há de imediato stress, fragilidade e doença. Alguns adultos ou pequenos por falta de consciência e ausência de uma prática regular que alinhe e organize o corpo energético se sentem muito sensíveis e até "esponja", ou seja, absorvem com facilidade diversos tipos de energias de outras pessoas ou do ambiente em que se encontram regularmente.

Tendo em conta esta realidade é por isso importante a proteção para manter o equilíbrio.

O abandono e a rejeição são dois outros fortes componentes de desequilíbrio que trazem problemas de saúde rápidos e agressivos, pois estão baseados em traumas de raiva. Estas emoções encontram-se no inconsciente, pelo que ocorrem sem o indivíduo ter consciência clara ou domínio do que está realmente a acontecer.

Alguns florais podem tratar situações bem concretas como a tranquilidade e o discernimento mental, situação tão necessária para as crianças e adolescentes na escola, em casa ou nos momentos de stress de exames ou testes. O tratamento dos medos e inseguranças, através do aumento de poder pessoal, a coragem e a decisão certa em momentos de grande pressão. A calma, diminuição dos índices de ansiedade e a prevenção de insónias também muito importantes em momentos mais exigentes, devolvendo a confiança e a alegria.

Alguns florais ajudam a estabilizar momentos de trauma ocorridos sempre que ocorre uma separação, perda ou morte com uma pesada envolvência emocional. Sempre que o registo de trauma fica por alguns meses ou anos, torna-se crónico e pouco visível para o próprio mas detetável nos episódios de vida difíceis, uma vez que sentimentos profundos de ressentimento, rejeição, dor, zanga, magoa entre outras.

Por : Isabel Leal/www.alegrianainfancia.wixsite.com/index
(00351) 964210796

artigo do parceiro: Isabel Leal

O que procura?

Comentários