Equilibre a sua consciência

Entregue-se à sofrologia e harmonize os seus estados de alma

Sofrologia, sabe o que é? É uma técnica de relaxamento que convida ao bem-estar e cujo objetivo passa pelo desenvolvimento pessoal, físico e mental para uma melhor adaptação e integração do homem no seu ambiente.

Uma terapia que se encarrega de repor a harmonia no corpo, a sofrologia é definida como o estudo da consciência humana e dos elementos suscetíveis de modificá-la.

Os seus fins são terapêuticos e/ou profiláticos. Criada pelo médico neuro-psiquiatra espanhol Alfonso Caycedo Lozano em 1960, a sua técnica revela e valoriza as capacidades do indivíduo na superação das suas dificuldades e conflitos. Inspirada na fenomenologia tem como objetivo a conquista dos valores existenciais do ser baseando-se em técnicas de distensão e relaxamento que levam ao domínio, por parte do paciente, de situações de stress, conseguindo este um maior autocontrolo e uma maior confiança em si próprio.

O estado de relaxação permite que o indivíduo se encontre mais próximo do seu inconsciente e esteja mais aberto à mudança, o que facilita e acelera o processo de conhecimento pessoal. São variadas as indicações para esta terapia. Especialistas defendem que a sofrologia está indicada no tratamento das neuroses e situações psicogénicas (doenças atribuídas unicamente a fatores psicológicos).

Dizem, ainda, que nas doenças psicossomáticas (doenças do foro psicológico em conjunto com outros intervenientes como alimentação, ambiente e atividade física, entre outros) tem uma ação curativa. Pode ainda ter uma ação pedagógica e de preparação em partos, exames e na prática de alguns desportos e uma ação preventiva na resistência ao stress.

Benefícios da sofrologia

Manel Marina, coach, treinador pessoal e defensor desta terapêutica define a sofrologia como uma disciplina que procura o desenvolvimento do potencial do ser humano. “Investiga mecanismos, técnicas e métodos para gerar harmonia e sinergias entre os diferentes elementos que o constituem”, explica. E define os seus benefícios, que incidem sobretudo sobre o desenvolvimento das funções cerebrais.

“Mediante as técnicas sofrológicas pretende-se harmonizar melhor as funções do hemisfério esquerdo e direito, pois a educação ocidental tem tendência a descompensar este equilíbrio estimulando mais a parte esquerda”, afirma ainda. Formar homens mais conscientes é o resultado pretendido. “Um dos objetivos essenciais da sofrologia passa por aprender, pouco a pouco, a integrar todo o material do inconsciente no consciente, para conseguir transformar a estrutura psicológica”, diz.

“Desta forma, pretende-se que o ser humano deixe de viver na aparência de uma forma superficial e alcance o desenvolvimento do conhecimento do seu próprio ser”, sublinha ainda. Aprender sobre nós mesmos é outra das consequências desse processo. “Devemos aprender a conhecer-nos melhor e para isso é indispensável o uso da sofrologia, que permite uma maior capacidade de auto observação”, recomenda.

“Pouco a pouco, produz uma transformação que faz com que a autocrítica passe a ser um elemento do nosso próprio desenvolvimento”, explica. Viver o aqui e agora e largar as amarras do passado é outra das pretensões. “A maior parte das pessoas vive projetando-se no futuro ou recordando o passado, sendo absolutamente incapaz de saborear o momento presente”, realça.

“No estado sofrónico, não existe o tempo, todos os parâmetros temporais se juntam num só instante. Há sincronia no tempo e tudo se vive na situação presente”, acrescenta ainda o especialista. Aprender a ser feliz é, por isso, um caminho que esta técnica ajuda a trilhar.

“Permitir a cada um dos indivíduos a descoberta da sua própria felicidade. Por isso, a forma como cada um de nós percebe os problemas no seu contexto é de vital importância no alcance da sua felicidade”, afiança Manel Marina.

Um complemento que não substitui

A Escola de Sofrologia Caycediana de Santarém alerta no entanto, para o facto de a sofrologia poder ser utilizada como complemento de terapias médicas ou paramédicas não as substituindo. “Dependendo da finalidade procurada, far-se-á referência a uma sessão de sofrologia com um objectivo terapêutico”, defendem os seguidores desta corrente de desenvolvimento pessoal, explicada ao pormenor no site www.sofrologia.pt.

“Isso é possível, se já tiver sido estabelecido um diagnóstico específico por um clínico (médico, psicólogo, fisioterapeuta, etc.) e este último estimar que a sofrologia constitui um tratamento adequado para o distúrbio identificado”, explica o especialista. Acrescenta, ainda, que a sofrologia se destina a todas as idades, ao contrário do que muitos que já ouviram falar dela possam pensar.

“Desde a gravidez que a futura mamã e, indirectamente o seu bebé, podem aproveitar os benefícios da sofrologia. No que diz respeito às crianças, existem sofrólogos particularmente experientes na adaptação do Método Caycedo ao jovem público”, assegura Manel Marina. A terapêutica adapta-se quer a adolescentes, quer a pessoas de mais idade, pelo que é uma filosofia aberta a todos os que pretendem dar um novo rumo psicológico à sua vida.

O que procura?

Comentários