A Radiestesia e a Doença Bipolar

Enquanto terapeuta, posso afirmar que com o recurso à Radiestesia, a utilização do Pêndulo auxilia na cura deste tipo de distúrbios

A Doença Bipolar, traduz-se na forma como a pessoa age para com os outros, podendo levar a comportamentos extremos que, de alguma forma, se reflectem no dia-a-dia, como sejam, as frequentes alterações de humor.

O doente bipolar não tem a noção de certas e determinadas situações, podendo causar até o mau - estar nas pessoas que o rodeiam.

As crises podem ser frequentes, caso o paciente não recorre a qualquer tipo de tratamento, ou então, podem ser mais moderadas. Ao invés, se o doente bipolar se sujeitar algum tipo de tratamento, verá a sua vida social mais facilitada.

O paciente bipolar tem alguma dificuldade em conseguir escolher o que quer e o pretende. Fruto da doença, vive de extremos, tanto pode amar, como odiar e acaba sempre por culpar os outros, dos seus problemas.

É muito importante que o bipolar reconheça que necessita de tratamento, pois o contrário torna a sua vida totalmente condicionada por esta doença.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA DOENÇA BIPOLAR?

Veja na próxima página a continuação do artigo

O que procura?

Comentários