3 de Setembro de 2015

8 de Espadas

Os medos e as inseguranças apenas paralisam os seus impulsos de se atrever a querer mais. Lembre-se que, “Uma ave tem de voar, mesmo que o céu esteja cheio de abutres.”

31 de Agosto a 6 de Setembro de 2015

Pajem de Ouros

O único tirano que aceito neste mundo é a pequena voz silenciosa que há dentro de mim. (Gandhi)

Será que o Grande Ghandi se referia à consciência? Muito provavelmente.

Achamos que todos temos consciência, verdade? E na verdade parece que sim; teoricamente, todos fomos dotados de uma consciência - o Grilo Falante que o Mestre Walt Disney criou, uma de tantas personagens (arquétipos) tão profundamente simbólicas que ele concebeu/intuiu -. Mas o que vemos no dia-a-dia é que, boa parte das pessoas que se cruzem connosco, age como senão tivesse; há até quem ridicularize o tema, há quem desdenhe com frases pobres como: “isso come-se?!” Vive-se por ai como se não houvesse um Julgamento Final (Quem será o nosso Juiz? Talvez a nossa própria consciência/alma e não um Deus reprovador). Havendo ou não um Juízo, não deveríamos viver o melhor possível? Fazer o melhor nas pequenas e grandes circunstâncias da vida? Quantos de nós vive com este lema? Depois admiram-se que não sejam felizes…!

Qualquer Pajem é portador de notícias e/ou de oportunidades e o de Ouros indica que algo se tende a materializar, que pode ter a ver com o trabalho sim, mas também pode indicar uma nova fase de vida no sentido geral. Portanto, fique atento aos sinais e limpe a sua mente de ideias preconcebidas que só embargam o seu Caminho!

2015

O Eremita

Geral - O Eremita é Arcano do nosso signo, tê-lo como Arcano do ano também, quer dizer que a energia que nos vai reger é a de Saturno, ou seja, tudo tende a ser mais moroso, mais esforçado. O habitual? Sim, é verdade, mas este desafio não surge em vão. Ele irá permanecer ou reaparecer nas nossas vidas sempre que precisarmos de aprender algo.
O que precisamos de aprender este ano? A respeitar o nosso tempo e espaço. Aprender a estar sozinhos e gostarmos da nossa companhia. É o medo da solidão que nos empurra para tantas armadilhas, tantas. As nossas relações são influenciadas por este medo e é por isso que somos tão pouco selectivos e criteriosos na escolha daqueles que fazem parte da nossa existência. Pessoas de qualidade à nossa volta produzem melhorias exponenciais em termos de bem-estar. Lá está: amigos? Poucos mas bons.
Cuidado para não ser excessivamente exigente porque defeitos todos temos. A exigência desmedida leva ao isolamento.

Amor - Assim que assimilarmos esta lição - amarmos e respeitarmos-nos acima de tudo e de todos -, o verdadeiro Amor surge de forma genuína e profunda. À primeira vista pode parecer egoísmo ou egocentrismo, mas não é. Como podemos amar o outro sem que saibamos o que isso é em nós? Como podemos exigir respeito senão o sentirmos por nós? O Amor chega quando estamos preparado para o viver de forma madura e sem pressão. Enquanto ‘precisarmos do amor’ para sermos felizes, ele não chegará porque ele não se coaduna com apegos e possessões.
Encontremos o bem-estar enquanto sozinhos e aí o supremos sentimento surgirá com todo o seu esplendor.

Trabalho - Os projectos que tem em mente podem agora vir à luz do dia. O ano é de concretizações… mas lentas. Para testar até que ponto queremos mesmo realizar esses sonhos, O Eremita coloca obstáculos no caminho. Lembre-se que são apenas testes à nossa vontade! O que deseja a este nível, para este ano, precisa de estar solidamente estruturado e alicerçado. E porquê? Porque senão estiver, as demoras típicas que este Arcano traz, farão com que perca a paciência ou o entusiasmo, e aí o que nutre os seus objectivos desaparece.

Saúde - A postura e o cansaço poderão ser os nossos ‘calcanhares de Aquiles’. Aliás, ambas estão intimamente ligadas; quanto mais cansados estamos mais dobramos as costas, verdade? Quanto mais desanimados andamos com a vida, mais a nossa postura sofre. Raramente vemos alguém de bem com a vida que tenha problemas de coluna! Pois é. O desanimo conduz-nos à velhice precoce, é isso que quer para si?
Conselho? Pratique actividades desportivas e/ou culturais que o mantenham entusiasmado e jovem. Vamos dançar?

Saiba qual é o seu signo ascendente

por Paulo Cardoso

Conheça o signo que está posicionado na linha do horizonte no momento do seu nascimento e que influencia a sua individualidade.

Compatibilidade amorosa

por Paulo Cardoso

É compatível com o seu parceiro? Descubra já!