27 de Fevereiro de 2015

A Lua

“Como é comum que o juízo humano se engane!” Então, que tal colocar os julgamentos de lado? Por muito que sejamos intuitivos também falhamos e quando falamos... magoamos.

24 de Fevereiro a 2 de Março de 2015

5 de Paus

"Perdoe os seus inimigos: nada os chateia tanto." Oscar Wilde (Adoro especialmente desta

máxima; a classe ao serviço da inteligência)

É de classe que esta carta lhe fala, coisa que está claramente em vias de extinção. Bom, a

educação está em extinção portanto, imagine-se a classe, o charme, a delicadeza. Os gestos

bonitos, os cuidados com os outros, a maneira como falamos com aqueles que se cruzam

connosco diariamente, a maneira como lidamos connosco mesmos e a maneira como nos

tratamos… Como é que podemos exigir que nos tratem bem, se nós próprios nos

enxovalhamos constantemente? Que imagem transmitimos aos outros se temos sempre uma

postura triste, zangada, ou por outro lado, arrogante?

Uma fase um pouco mais confusa achega-se, diz o Tarot. Os medos e as dúvidas tenderão a

toldar-lhe o seu discernimento e clarividência.

Pequenos desafios podem surgir (eu disse pequenos!) o que fará com que se estimule um

pouco mais, que se divirta até, e se entusiasme novamente pela sua vida quotidiana.

Esta influência fará com que desperte um pouco mais.

Andamos como que entorpecidos e só acordamos com as desgraças, pois o Universo vai lhe

dar a oportunidade de acordar com jeitinho. Há coisas para mudar? Mude. Há coisas para

melhorar? Melhore! Não fique à espera do momento certo porque ele pode não chegar.

Nos amores esta carta pode indicar atritos que tanto podem ser estimulantes como

destrutivos. Pois, a linha que os divide pode ser muito ténue, então, fique atento/a para não pisar o risco. Mantenha o ambiente sereno, tanto quanto lhe for possível.

Saiba qual é o seu signo ascendente

por Paulo Cardoso

Conheça o signo que está posicionado na linha do horizonte no momento do seu nascimento e que influencia a sua individualidade.

Compatibilidade amorosa

por Paulo Cardoso

É compatível com o seu parceiro? Descubra já!