24 de Fevereiro a 2 de Março de 2015

A Torre

"Todos os pecados são tentativas de preencher vazios." (Simone Weil)
Sem dúvida uma grande verdade. O que nos conduz a estados melancólicos e depressivos é precisamente esta sensação de vazio que sentimos tantas vezes e que dói e corrói na alma, em particular quando acabamos uma relação ou um projecto em que acreditavamos.

De qualquer forma, a sensação de vazio é apenas isso, uma sensação. O vazio não existe. Nós nunca estamos vazios, nunca, porque nós somos seres individuais e completos. Sim, é óptimo dividir a vida, partilhar a existência, mas se isso por algum motivo não acontecer, nós devemos continuar a respeitar o dom da vida que é simplesmente a essência de tudo. Será que alguma vez agradecemos o facto de estarmos vivos? Só mesmo em circunstâncias de grande susto é que pensamos nisso e damos valor à vida, não é?

Cuidado com a ambição, pede o Tarot. Cuidado com os caminhos que escolhe, porque senão forem os certos vão ruir.
A Torre pode ser muito dura nestes processos, mas ela só surge depois de ter já havido vários outros sinais, sinais que foram ignorados. Então, agora é hora de pensar a fundo se está, de facto, no caminho certo.

Saiba qual é o seu signo ascendente

por Paulo Cardoso

Conheça o signo que está posicionado na linha do horizonte no momento do seu nascimento e que influencia a sua individualidade.

Compatibilidade amorosa

por Paulo Cardoso

É compatível com o seu parceiro? Descubra já!