Astrólogo, autor e editor da "Astrological Association Great Britain", Adrian Duncan é um dos mais conceituados astrólogos internacionais.

1 a 30 de Novembro de 2014

O mês começa com a conjunção Vénus/Sol no seu signo, o que indica que tanto as relações profissionais como pessoais são fundamentais, e que há um jogo de poder e influência, que as pessoas na realidade não conseguem aguentar. Entretanto, com Marte em Capricórnio, tudo indica que vai estar a perseguir os seus próprios objetivos educacionais e mentais com intensidade e dedicação, e tem pouco tempo para tomar conta de pessoas carentes.

A lua cheia a 6 de Novembro traz a ênfase para as parcerias íntimas, por isso vai ter de lidar com emoções reprimidas de pessoas próximas de si. Os entes queridos precisam de tranquilidade e segurança – talvez alguma forma de garantia. No trabalho há mudanças que você gostaria de fazer, e tende a ser muito intransigente nas suas opiniões, e até provocador, mas provavelmente vai levar a sua avante.

No geral, Novembro é um mês em que você manifesta o seu poder pessoal e cria acordos, que lhe dão uma base sólida para o futuro. Para o final de Novembro já sente que há motivos para otimismo, sobretudo no que diz respeito às finanças e recursos materiais. Avance com cuidado, pois a visibilidade é nublada. Aceite um conselho com alguma reserva por volta de dia 23 e espere uns dias antes de agir ou gastar dinheiro.