Os 5 princípios do Yoga: exercício adequado (Asanas)

«'Shtira Sukham Asanam' O Asana é a postura firme e confortável» - Patanjali, Yoga Sutra, 2:46

Os Asanas são as posturas psicofísicas do Yoga e, tal como indica a citação de Patanjali, deverão ser executadas com suavidade e permanência. As posturas de Yoga devem ser realizadas com consciência e concentração na respiração profunda e ritmada, que é mais importante que a força ou o grau de elasticidade do praticante. O espírito competitivo não entra numa aula de Yoga, forçar o corpo além dos seus limites naturais com movimentos bruscos e descontrolados são o oposto do que se pretende.

No Yoga, o corpo é visto como o veículo da nossa consciência ou Self. Se o corpo estiver debilitado ou doente será difícil transcender para um nível de consciência mais elevado e alcançar a proposta de autoaperfeiçoamento. Para que possamos ter um corpo saudável todos os órgãos terão de funcionar perfeitamente sob o controle inteligente da mente. Para isso as posturas do Yoga trabalham não só os músculos mas também os órgãos internos, nervos e glândulas, tendo particular enfoque na coluna vertebral, uma vez que aí estão situados os plexos nervosos que comunicam com todos os sistemas do nosso corpo.

Na tradição de Yoga Sivananda, existem doze posturas básicas, selecionadas pelos benefícios, quer físicos quer mentais, que proporcionam ao praticante. Essas posturas, por sua vez, desdobram-se em múltiplas variantes que permitirão ao praticante evoluir de um nível principiante até ao avançado.

Veja a continuação do artigo na página seguinte

O que procura?

Comentários