A Magia

O que é e qual a sua origem?

O simples acto de soprar uma vela no dia de aniversário, já é um acto de magia, pois estamos a enviar através desta os nossos desejos para o céu.

Esta filosofia é oriunda dos tempos de Ártemis.

Ou também quando tocamos numa árvore, segundo os druidas estamos a contactar com os espíritos.

A magia real, não tem de ser praticada, como muitos ainda julgam, em locais desertos e sombrios, usando uma varinha de condão, ela pode ser feita em qualquer parte e usando utensílios que possam ser facilmente encontrados.

No mundo moderno, para as mulheres, conseguir êxito num determinado campo já é difícil, e têm ainda que encontrar a solução para os cuidados, com a família, e a educação dos filhos.

A magia dá às mulheres que a praticam uma sensação de harmonia e paz interior, o que faz com que estas mulheres se sintam sempre ”jovens”, independentemente da idade que tenham.

Quanto mais velhas estão fisicamente, as mulheres sentem uma maior necessidade de rejuvenescer interiormente, principalmente porque na sociedade de hoje em dia a juventude e a beleza são veneradas.

Tentam encarar o processo de envelhecimento com alegria, não se imobilizam no tempo, assim obtêm da magia uma sensação plena de autocontrolo e poder, de uma forma muito feminina e sensual. Estas não estabelecem qualquer tipo de regras para viver o seu mundo de magia, vivem os dias naturalmente, só com uma pequena diferença existe sempre neste um espaço dedicado ao mundo da magia.

Os melhores encantamentos são preparados por si, sem que precise da ajuda de outra pessoa.

Quando estiver a fazer o seu encantamento, deixe de lado a tentação de feitiços, e o pensamento em alguém por quem sente hostilidade, deixe antes que Deus se encarregue deles e lhes dê o que essas merecem.

Não será fácil fazer o seu encantamento com maus sentimentos no coração, se estiver magoada ou irritada com alguém, por isso não comece um encantamento sem sentir que o seu coração está repleto de energias positivas.

O que procura?

Comentários