Feng Shui: o que o seu cabelo revela sobre si

Tudo o que existe no Universo está em profunda relação. A energia circula entre aquilo que é considerado a nossa vida exterior - seja a nossa casa, o nosso trabalho, as pessoas que nos rodeiam - e o nosso mundo interior, os nossos pensamentos, emoções, a vida espiritual.

Por essa razão, para que uma pessoa se sinta verdadeiramente bem e possa alcançar os seus objetivos, é tão importante criar condições de bom Feng Shui no seu mundo exterior como estar em harmonia com o seu corpo e a sua mente.

O Feng Shui aplicado ao corpo permite pois perceber porque razão certas pessoas nos atraem mais do que outras, e de que modo podemos satisfazer melhor as nossas necessidades pessoais e criar relacionamentos saudáveis, seja na vida privada, seja no domínio profissional. De acordo com os conhecimentos orientais, é possível identificar a personalidade de uma pessoa de acordo com os seus traços fisionómicos, o seu cabelo, as suas mãos. O Feng Shui ensina a relação que existe entre todas as coisas para que cada ser humano possa tirar partido das suas características pessoais e viver da melhor forma possível.

Os monges taoistas estudaram aprofundadamente a fisionomia humana, chegando à conclusão que os traços físicos correspondem a determinados dons com que cada um de nós nasce e que influenciam a forma como construímos o nosso destino. Cada ser humano capta as energias do Universo através das células que o constituem de forma pessoal e única, e por essa razão cada pessoa possui uma linguagem corporal própria.

O Feng Shui interpreta o nosso rosto considerando que a parte que vai da testa às sobrancelhas representa o céu, que das sobrancelhas ao nariz se encontra o que define o Homem em si, e que a parte do nariz até ao queixo está associada à terra. Assim, cada tipo de rosto diferente integra as energias associadas ao céu, ao homem e à terra também de maneiras distintas.

O cabelo funciona como a “moldura do rosto” e tem uma grande influência sobre o nosso aspeto físico e consequentemente sobre a impressão que causamos nas outras pessoas, nomeadamente numa entrevista de emprego ou numa reunião importante de negócios, por exemplo.

O cabelo deve ter um brilho e cor vigorosos, e não deve tapar nem a testa nem as maçãs do rosto. As mulheres que usam o cabelo para cobrir certas partes do rosto têm uma personalidade doce e afável, mas algum medo interior que procuram esconder, ou uma personalidade que prima pela originalidade.

Um cabelo forte auspicia bom Feng Shui e capacidades para lutar contra os obstáculos e obter o sucesso. Se for um homem, terá uma vida amorosa muito intensa e agitada. Um homem que tenha um corpo maciço mas cabelo fino poderá ter de enfrentar mais obstáculos, devendo ser muito perseverante e acreditar mais em si próprio. O risco ao lado num penteado simboliza romantismo, enquanto que o risco ao meio indica que essa pessoa tem uma grande rectidão de princípios e muita honestidade.

No caso das mulheres, cabelos mais suaves trazem melhor Feng Shui. O cabelo curto numa mulher indica independência e frontalidade, mas se for muito curto pode denotar carência afectiva e necessidade de atenção, que possivelmente está associada a uma infância menos feliz. Por outro lado, uma mulher que usa o cabelo comprido e liso é geralmente doce e possui um sentido estético apurado. Se for encaracolado, demonstra uma personalidade romântica e que procura obter conforto material e afectivo, embora seja inconstante. Tem boas possibilidades de concretizar os seus objectivos com facilidade. Uma mulher com cabelo comprido e ondulado aprecia o luxo e dá importância a todos os pormenores. Aquelas que costumam prender o cabelo numa longa trança têm uma maior inclinação para a vida espiritual, mas têm alguns problemas de relacionamento a nível social, sendo mais introvertidas e tímidas.

Uma mulher que use o cabelo até abaixo dos ombros tem uma grande preocupação com o seu aspecto físico, mas pode também ter um carácter difícil. As permanentes em cabelos curtos demonstram insegurança e tendência para ter uma atitude conservadora. Por outro lado, um cabelo mais comprido num penteado armado denota uma certa exuberância e um gosto original, embora também possa degenerar em atitudes de arrogância. Mulheres que não penteiam o cabelo para trás têm dificuldade em revelar aquilo que sentem, mas gostam muito de crianças e são bastante compreensivas para com os outros.

artigo do parceiro: Maria Helena Martins

O que procura?

Comentários